Salame vistoria Zinho Oliveira às vésperas de reabertura com jogo do Brasileirão

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O prefeito João Salame Neto vistoriou, na manhã desta quinta-feira (11), as obras de restauração do Estádio Zinho Oliveira. A tradicional praça de esportes de Marabá que vem recebendo atenção especial por parte da Prefeitura. Além de reforma nos vestiários e alambrados, o Zinho Oliveira tem, depois de 30 anos, um gramado inteiramente novo. Formado pela grama do tipo esmeralda, considerada uma das mais adequadas à prática do futebol, o gramado recebe agora os últimos retoques para que esteja em perfeitas condições para os próximos jogos do Águia.

Acompanhado pelos secretários de Planejamento, Beto Salame, de Obras, Antônio de Pádua e pelo presidente do Águia de Marabá, Sebastião Ferreira Neto, o prefeito foi recebido pelo secretário de Esportes e Lazer, Erton Luiz Vigne e recebeu informações referentes ao andamento das obras.


Segundo o secretário de Esportes, a reabertura está programada para o próximo dia 21, quando o Águia de Marabá deverá enfrentar o Santa Cruz, do Recife, jogo válido pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. Com sete pontos ganhos, o time marabaense está em quarto lugar no grupo A, com amplas chances de classificação para a próxima faze da competição.

A equipe marabaense joga contra o Cuiabá, fora de casa, neste domingo (14), antes de enfrentar o Santa Cruz, dia 21. Em seguida, no dia 28, recebe o Brasiliense, novamente no Zinho Oliveira.

No dia 10, o estádio recebeu os laudos do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Vigilância Sanitária. Esses documentos são essenciais para garantir a liberação de qualquer praça de esportes pela Confederação Brasileira de Futebol – CBF.

Os laudos já foram enviados à CBF e a expectativa do presidente do Águia é que a entidade maior do futebol brasileiro confirme o jogo para o dia 21, no Zinho Oliveira.

Será o reencontro do Águia com sua torcida. A equipe não joga em Marabá desde o dia 10 de abril, quando perdeu por 2 a 1 para o Nacional, do Amazonas, partida válida pela primeira fase da Copa do Brasil.

João mostrou-se satisfeito com o andamento dos trabalhos.

– Temos certeza que até o dia 21 questões essenciais, como gramado e vestiários, estarão resolvidas. Outros reparos e melhorias serão feitos ao longo dos próximos meses, sempre visando oferecer conforto e segurança para atletas e torcedores.

Publicidade

veja também