Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

SEBRAE inicia mapeamento para turistas em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O mapa tem como objetivo organizar, no mundo digital, as empresas para que os turistas possam encontrar facilmente o que necessitam no munícipio, seja os pontos turísticos, gastronômicos e comercial.

Há aproximadamente quatro anos, o município de Parauapebas vem emplacando nacionalmente e internacionalmente na rota de turismo, pelas suas belezas naturais e peculiaridades, como cachoeiras, índios, búfalos e a extração do minério, mas ainda existem pessoas que não conhecem as opções turísticas do município e região, é o caso do jovem Wólnei Muniz Franco, que morou 18 meses em Parauapebas e está voltando a trabalho.
“Estou voltando para Parauapebas pois vou fazer uma consultoria para uma empresa, e realmente não tinha ideia que a cidade tem cinco rotas turísticas. Eu sou amante do turismo, quando posso, viajo para conhecer diferentes lugares do mundo, mas vou aproveitar para conhecer melhor as belezas da região desta vez”, explica o jovem empreendedor.


Wólnei Muniz Franco

Ana Suzi Rego, que é gerente geral SEBRAE em Parauapebas, explica que a instituição observou que apesar de todo o trabalho realizado para atrair os turistas para a cidade, faltava uma ferramenta para mostrar todas as opções de entretenimento dentro do município.
“O mapa do SEBRAE é totalmente digital, através de parcerias com os táxis, motoristas de aplicativos e hotéis vamos disponibilizar um QR code para que as pessoas que visitam Parauapebas possam acessar e buscar as diferentes opções que a cidade do minério oferece”, relata.

Suzi Rego

A ideia inicial era orientar e oferecer uma assessoria digital para 130 empresas que fariam parte deste projeto do mapa on-line.
“A cada empresa que nossa equipe vai, os proprietários ficam encantados com a ideia, e pelo visto, este número inicial vamos ter que dobrar”, diz a gerente do SEBRAE em Parauapebas, com uma lista de empresas que já firmaram parceria com o projeto.

Jânio Valadares é um dos empresários que recebeu a visita da agente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e logo ficou interessado no mapa digital.
“Nesta primeira conversa percebi que todas as empresas da cidade têm que reforçar sua presença no mundo virtual, seja por página do Facebook, site ou blog, pois este é o primeiro caminho e ferramenta que o turista vai chegar até o estabelecimento, e se no mundo da internet tudo estiver desorganizado, fica impossível atrair estas pessoas que vêm passear por aqui”, explica o empresário.

Jânio Valadares

Alessandra Carramonho é uma das agentes que estão visitando os comerciantes de Parauapebas e fala que o interesse pela proposta, que é totalmente gratuita, chama bastante a atenção.
“Nas visitas percebemos que 90% dos comerciantes não tem uma atividade constante nas redes sociais, e um trabalho no Google Ads muito tímido, para que o mapa cumpra sua função, estes empresários vão ter que encontrar uma estratégia para ficar visivelmente na internet e redes sociais, e é para isso que estamos aqui, conhecimento é a base do negócio”.

 Alessandra Carramonho

 

A ideia é implantar o mapa até início de 2021, mas ainda existe muito trabalho para que o projeto chegue em seu estado final.

Publicidade

Veja
Também