Secretaria de Cultura realiza campanha para beneficiar atingidos pela enchente em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

As críticas a respeito dos recursos destinados à realização do carnaval que coincide com o momento em que várias famílias são removidas de suas casas tomadas pela cheia do Rio Parauapebas foram esclarecidas na tarde da última sexta-feira (9), por representantes do Governo Municipal.

Em coletiva de imprensa, o Secretário Municipal de Cultura, Wandernilson Costa, o Popó, explicou que não tem com parar um investimento que já foi feito dentro dos procedimentos corretos. Porém, para amenizar o problema e tornar o carnaval algo, além de popular, solidário, buscará junto à Liga das Agremiações de Blocos e Escolas de Samba de Parauapebas e Região (Liabespr), mobilizar os envolvidos para trabalhar a capitação de recursos, bem como, as doações dos foliões para que assim possam ser entregues às famílias vítimas de alagamentos.


Alimentos, roupas, colchões e tudo mais para tentar repor o que, porventura, tenha sido perdido, estão nos planos de arrecadação na campanha. “Não é pelo motivo de estarmos em dias festivos que deixaremos de ver o que passam as famílias afetadas pelos alagamentos. Estamos à disposição para auxiliar as secretarias envolvidas e ajudar com o que precisam”, assegurou Popó, admitindo saber que isto é o mínimo, porém muito do que estão podendo fazer.

Procurado pela equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar, o presidente da Liabespr, Luís Bezerra Mendonça, disse que procurará mobilizar as agremiações ligadas à entidade para que juntos façam um esforço e auxiliem as famílias. “Manteremos a tradição da festa que ficará ainda mais popular, pois usaremos o momento para somar forças em prol dos que precisam”, garantiu Luís Bezerra.

Reportagem: Francesco Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

veja também