Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Secretaria de Educação realiza curso de Libras e certifica 150 pessoas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Centenas de pessoas lotaram o auditório do Centro Universitário de Parauapebas (Ceup), nesta quarta-feira (15), para prestigiar o encerramento do primeiro semestre do curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Com o objetivo de capacitar profissionais da rede municipal de ensino para fortalecer a educação inclusiva, o curso é ofertado gratuitamente pela Prefeitura de Parauapebas, por meio do Núcleo de Apoio Psicossocial e Pedagógico (Napp) da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Além de capacitar educadores, Libras também é oferecida aos familiares de pessoas com surdez.


“O curso é ofertado desde 2002 no município, e já capacitamos mais de 1.500 pessoas”, informou o psicopedagogo e representante do Napp, Daniel Evangelista. Segundo ele, no segundo semestre serão abertas novas turmas para que mais pessoas possam se capacitar.

Para Maria Ilma, professora da sala de Recursos Multifuncionais da Escola Carlos Henrique, concluir o quinto e último módulo do curso é uma grande satisfação. “Estou concluindo mais uma etapa da minha vida. O curso de Libras só me trouxe coisas boas, principalmente para minha vida profissional. Em minha escola, temos três alunos com deficiência auditiva, e eu poderei trabalhar com eles, de maneira qualificada”, destaca.

Lucenir Serra Pinheiro, auxiliar de turma na Escola Sorriso de Criança, está finalizando o primeiro módulo do curso. Para ela, é um momento de conhecimento. “Estou me preparando para um dia trabalhar com alunos surdos. Hoje, entendo a importância das Libras para a vida profissional dos colaboradores da educação”, explicou ela, dizendo-se ansiosa pelo próximo módulo do curso.

Ao todo, 150 pessoas receberam certificado, a maioria profissionais da Educação. Além da solenidade de certificação, o evento contou com apresentações de musicais interpretados por meio da linguagem de sinais, emocionando a todos.

Reportagem: Luzandra Vilhena

Publicidade

Veja
Também