Secretaria Municipal de Educação faz balanço das ações realizadas em 2014

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Por meio do i-Educar, a reserva de vaga para alunos novatos na rede municipal de ensino é realizada pela internet. As pré-matrículas foram feitas no período de 12 a 16 de janeiro. E a confirmação delas, de 19 a 22 de janeiro, na própria escola. Um dos principais resultados da implantação do sistema é a eliminação das filas nas escolas.

Em 2014, a Semed deu início também a construção de creches e unidades de Educação Infantil. A partir de parceria com o Governo Federal, 12 creches serão entregues à comunidade este ano. 10 delas do Programa Proinfância e duas doadas pela Vale. A construção de cinco já foi iniciada nos bairros Habitar Feliz, WTorres, Minérios, Cidade Jardim e Beira Rio II, e cinco estão em fase de finalização de contrato. Duas estão em reforma. Também estão sendo construídas três escolas de Educação Infantil, nos bairros Jardim Canadá, Casas Populares e Novo Brasil.


Outro importante avanço foi na merenda escolar, com inserção de carnes, frangos e charque; bebidas lácteas e sucos mistos; caldos de carne e frango; biscoitos integrais e açaí com tapioca. 33% do orçamento destinado à compra de alimentos para a merenda escolar são gastos com produtos da agricultura familiar, atendendo a Lei Federal nº 11.947 que determina o percentual de 30% para essa destinação.

Soma-se a isso, aquisição de frota própria de 100 ônibus para o transporte dos estudantes, uniformes, kits escolares e entrega de 12 novas escolas e 16 unidades educacionais reformadas. As unidades de ensino construídas contribuíram para a eliminação de 40% dos anexos. Todas as escolas municipais são informatizadas, sendo que 100% das urbanas e 98% das rurais contam com internet.

Para a secretária Juliana de Souza, investir em infraestrutura escolar é pensar no futuro, no bem-estar dos alunos e em atraí-los para a sala de aula. “Há diversos estudos que indicam que as obras de educação trazem, tanto para equipe gestora quanto para professores e alunos, a vontade de estar dentro da escola, o prazer de sentir-se bem dentro dela”, destaca, acrescentando que quando o aluno é bem acolhido e estuda numa escola bonita, que tem condições de recebê-lo confortavelmente, é muito positivo e permite que os indicadores educacionais sejam alavancados sobremaneira.

A secretária informa ainda que o planejamento para o município do futuro consiste em oferecer mais escolas e creches adequadas às necessidades da comunidade. “Estamos trabalhando para que não tenhamos déficit de salas de aula e para que, com a implantação das creches, mães de família tenham a possibilidade de trabalhar enquanto seus filhos estejam acolhidos e despertem o aprendizado em espaços com qualidade de primeira”, conclui.

Também merece destaque a realização do concurso público para a Educação que ofertou 578 vagas para professores de todas as áreas da educação básica. Das vagas disponibilizadas, 209 foram para pedagogos e 369 para professores com habilitação nas áreas de Língua Portuguesa, Matemática, Educação Física, Ciências, História, Geografia, Artes, Religião e Inglês.

A educação superior também recebeu atenção especial do Governo Municipal, tendo sido inaugurado, ano passado, o primeiro campus federal de ensino superior no município pela Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra). Foram implantados novos cursos superiores, como Direito, Engenharia Civil e Engenharia Mecânica em parceria com a Universidade Federal do Pará (UFPA), além da celebração de convênio com a Universidade do Estado do Pará (Uepa), com o objetivo de trazer mais um campus a Parauapebas.

Com recursos próprios, a Semed promove a formação continuada de seus mais de 2.500 educadores para todos os níveis e modalidades de ensino: Educação Infantil, Ensino Fundamental, Educação de Jovens e Adultos (EJA), Educação Especial e Informática. São formados professores, coordenadores pedagógicos, gestores educacionais e de departamento de aprendizagem. São proporcionadas atualizações em todas as áreas do conhecimento, bem como formação em Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Por tudo isso, a educação de Parauapebas já foi mencionada no Anuário MultiCidades 2013, de circulação nacional, em decorrência dos investimentos que tem recebido. Por duas vezes consecutivas, edições 2013 e 2014, a Secretaria Municipal de Educação recebeu premiação nacional pelos investimentos e crescimento da rede de ensino. Recebeu o prêmio “Gestor Nota 10” e o troféu “Palma de Ouro”.

Até o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) destacou a educação local como um dos maiores propulsores da elevação do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) de Parauapebas.

Reportagem: Jéssica Borges
Fotos: Anderson Souza e Irisvelton Silva

Publicidade

veja também