Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Secretaria Municipal de Educação faz balanço das ações realizadas em 2014

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Por meio do i-Educar, a reserva de vaga para alunos novatos na rede municipal de ensino é realizada pela internet. As pré-matrículas foram feitas no período de 12 a 16 de janeiro. E a confirmação delas, de 19 a 22 de janeiro, na própria escola. Um dos principais resultados da implantação do sistema é a eliminação das filas nas escolas.

Em 2014, a Semed deu início também a construção de creches e unidades de Educação Infantil. A partir de parceria com o Governo Federal, 12 creches serão entregues à comunidade este ano. 10 delas do Programa Proinfância e duas doadas pela Vale. A construção de cinco já foi iniciada nos bairros Habitar Feliz, WTorres, Minérios, Cidade Jardim e Beira Rio II, e cinco estão em fase de finalização de contrato. Duas estão em reforma. Também estão sendo construídas três escolas de Educação Infantil, nos bairros Jardim Canadá, Casas Populares e Novo Brasil.


Outro importante avanço foi na merenda escolar, com inserção de carnes, frangos e charque; bebidas lácteas e sucos mistos; caldos de carne e frango; biscoitos integrais e açaí com tapioca. 33% do orçamento destinado à compra de alimentos para a merenda escolar são gastos com produtos da agricultura familiar, atendendo a Lei Federal nº 11.947 que determina o percentual de 30% para essa destinação.

Soma-se a isso, aquisição de frota própria de 100 ônibus para o transporte dos estudantes, uniformes, kits escolares e entrega de 12 novas escolas e 16 unidades educacionais reformadas. As unidades de ensino construídas contribuíram para a eliminação de 40% dos anexos. Todas as escolas municipais são informatizadas, sendo que 100% das urbanas e 98% das rurais contam com internet.

Para a secretária Juliana de Souza, investir em infraestrutura escolar é pensar no futuro, no bem-estar dos alunos e em atraí-los para a sala de aula. “Há diversos estudos que indicam que as obras de educação trazem, tanto para equipe gestora quanto para professores e alunos, a vontade de estar dentro da escola, o prazer de sentir-se bem dentro dela”, destaca, acrescentando que quando o aluno é bem acolhido e estuda numa escola bonita, que tem condições de recebê-lo confortavelmente, é muito positivo e permite que os indicadores educacionais sejam alavancados sobremaneira.

A secretária informa ainda que o planejamento para o município do futuro consiste em oferecer mais escolas e creches adequadas às necessidades da comunidade. “Estamos trabalhando para que não tenhamos déficit de salas de aula e para que, com a implantação das creches, mães de família tenham a possibilidade de trabalhar enquanto seus filhos estejam acolhidos e despertem o aprendizado em espaços com qualidade de primeira”, conclui.

Também merece destaque a realização do concurso público para a Educação que ofertou 578 vagas para professores de todas as áreas da educação básica. Das vagas disponibilizadas, 209 foram para pedagogos e 369 para professores com habilitação nas áreas de Língua Portuguesa, Matemática, Educação Física, Ciências, História, Geografia, Artes, Religião e Inglês.

A educação superior também recebeu atenção especial do Governo Municipal, tendo sido inaugurado, ano passado, o primeiro campus federal de ensino superior no município pela Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra). Foram implantados novos cursos superiores, como Direito, Engenharia Civil e Engenharia Mecânica em parceria com a Universidade Federal do Pará (UFPA), além da celebração de convênio com a Universidade do Estado do Pará (Uepa), com o objetivo de trazer mais um campus a Parauapebas.

Com recursos próprios, a Semed promove a formação continuada de seus mais de 2.500 educadores para todos os níveis e modalidades de ensino: Educação Infantil, Ensino Fundamental, Educação de Jovens e Adultos (EJA), Educação Especial e Informática. São formados professores, coordenadores pedagógicos, gestores educacionais e de departamento de aprendizagem. São proporcionadas atualizações em todas as áreas do conhecimento, bem como formação em Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Por tudo isso, a educação de Parauapebas já foi mencionada no Anuário MultiCidades 2013, de circulação nacional, em decorrência dos investimentos que tem recebido. Por duas vezes consecutivas, edições 2013 e 2014, a Secretaria Municipal de Educação recebeu premiação nacional pelos investimentos e crescimento da rede de ensino. Recebeu o prêmio “Gestor Nota 10” e o troféu “Palma de Ouro”.

Até o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) destacou a educação local como um dos maiores propulsores da elevação do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) de Parauapebas.

Reportagem: Jéssica Borges
Fotos: Anderson Souza e Irisvelton Silva

Publicidade

Veja
Também