Semana de combate ao tabagismo é realizada em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Secretaria Municipal de Saúde de Parauapebas realizou na última semana de maio uma campanha contra o Tabagismo nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município, no intuído de orientar a população sobre os perigos do uso do tabaco e semelhantes, como os cigarros eletrônicos. Na ação foi ofertada às comunidades da zona urbana e rural palestra com equipes médicas e de ortodontia, alertando principalmente sobre o câncer que o uso destas substâncias podem trazer. A ação foi finalizada na UBS do Tropical com uma equipe de zumba e atendimentos aos usuários da comunidade.

O tabagismo é o ato de consumir cigarros ou outros produtos que contenham tabaco, cujo princípio ativo é a nicotina. É considerada uma pandemia generalizada, além de estar associado às doenças crônicas não transmissíveis, sendo necessário ser combatida. Anualmente cerca de 8 milhões de mortes, somente no Brasil 130 mil vidas perdidas, além de contribuir para o desenvolvimento de outras enfermidades, tais como tuberculose, infecções respiratórias, úlcera gastrintestinal, impotência sexual, infertilidade em mulheres e homens, osteoporose, catarata, câncer, entre outras.
O consumo do cigarro apresenta inúmeras substâncias nocivas e tóxicas, entre elas, o arsênio, níquel, benzopireno, cádmio, resíduos de agrotóxicos, substâncias radioativas, como o Polônio 210, acetona, naftalina e até fósforo P4/P6, substâncias usadas em veneno para matar rato.


O tratamento do tabagismo é preconizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) totalmente gratuito para quem quer deixar de fumar, feito regularmente via Atenção Básica, sendo possível fazer o acolhimento e o acompanhamento do indivíduo até a cessação do consumo do tabaco.
Em Parauapebas a estimativa populacional maior de 18 anos de fumantes chega a 17.455 mil. O Programa Municipal do Tabagismo retorna as suas atividades após vacinação contra o Covid-19, através de uma equipe multiprofissional capacitada e com atendimentos à população obedecendo a critério do protocolo do Ministério da Saúde.

De acordo com o secretario municipal de saúde Gilberto Laranjeiras “Nosso principal objetivo durante esta campanha é orientar os usuários do SUS que eles tem o nosso apoio quando se trata de abandonar esse vicio que pode destruir com a vida deles, então cada folheto distribuído, cada palestra dada é uma forma de estender a mão. Ofertamos uma saúde humanizada a todos” finalizou o gestor da pasta.

veja também