Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Semed realiza primeira formação para professores do Pnaic

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Mais de 450 professores da rede municipal de ensino participaram da primeira formação do Pacto Nacional de Alfabetização na Idade Certa (Pnaic). Ministrada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), a capacitação ocorreu nos dias 16 e 17 de agosto, no centro de formação Semear.

Desenvolvido em parceria entres os governos federal, estadual e municipal, o pacto tem por objetivo garantir alfabetização de todas as crianças até os oito anos de idade, ou seja, no final do 3º ano do ensino fundamental. A formação para os professores é continuada e tem a duração de dois anos.


De acordo com a coordenadora municipal do Pnaic, Maria Arnete Oliveira, o encontro abordou assuntos como concepção de currículo, direitos de aprendizagem e sistema de avaliação. As formações dos professores vão ocorrer quinzenalmente e são ministradas por orientadores que também recebem formação continuada pela Universidade Federal do Pará (UFPA).

Participam do pacto professores efetivos que atuam diretamente com as turmas do 1º ciclo. “Com o pacto, vamos sistematizar nossas ações oferecidas na rede de ensino. Teremos diversas tarefas e o material oferecido é muito rico. Acredito que é mais uma ferramenta de atualização que chega para nos dar subsídios de trabalho”, destaca Angélica Figueira, coordenadora do 1º ciclo da escola de ensino fundamental Monteiro Lobato, na zona rural.

Educadora há 8 anos, a professora Maria Rita Araújo, da escola Jorge Amado, contou que o encontro foi bem organizado e que trouxe novas expectativas para as práticas na sala de aula. “Gostei muito do encontro. O pacto vai mudar muita coisa, aprimoramento e mais conhecimento para professores e alunos”, disse a professora.

Orientadora de estudos do Pnaic, Ana Cristina Nascimento explica que a formação também permite que os professores se sintam mais à vontade em aplicar o que já sabem. “Nosso papel, além de acompanhar o professor, propor atividades e formação, é fazer o acompanhamento nas escolas. A forma de trabalho que o MEC propõe já desenvolvemos no município, e com a formação os professores têm um aprofundamento, além de novos conhecimentos. A formação continuada é um dos principais focos do Pnaic”, explicou a orientadora. Em Parauapebas, as ações do pacto vão atender a cerca de 2.500 alunos da rede municipal.

Reportagem: Liliane Diniz / Foto: Marcos Rocha

Publicidade

Veja
Também