Single Posts
Confirmados
26.267
Single Posts
Recuperados
15.327
Single Posts
Óbitos
177

 Publicidade

SERRA LESTE: Helder relata luta de Chamonzinho e diz estar solucionando questão

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
SERRA LESTE: Helder relata luta de Chamonzinho e diz estar solucionando questão

O governador Helder Barbalho garantiu nesta terça-feira (19) estar discutindo com a Vale a situação do Projeto Serra Leste, em Curionópolis, que está emperrado em decorrência do processo de licenciamento ambiental que corre junto à Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas). Enquanto não houver a liberação, está impedido o avanço da exploração de minério de ferro no município.

O pronunciamento ocorreu durante discurso realizado pelo governador na inauguração da Cadeia Pública de Parauapebas, em solenidade ocorrida no final da tarde de terça. O gestor paraense destacou a luta do deputado Chamonzinho, que tem sido aguerrida na defesa do projeto.


Ressaltou que quando o projeto foi o suspenso, o deputado intermediou com o governo para que este, junto à Vale, garantisse que os empregados de Serra Leste fossem remanejados para outros empreendimentos da mineradora, de modo que não ficassem desempregados. “Quem tem me pedido por Serra Leste é o deputado Chamonzinho, que tem me pedido pela liberação”, disse.

Acrescentou que está empenhando todos os esforços para agilizar a liberação da licença, mas ressaltou que há uma demora por não poder pular as etapas desse processo, evitando, assim, a possibilidade de tragédias, como ocorridas em outros projetos de mineração. “Quero deixar claro que não vou queimar etapa legal, existe um processo de licenciamento e estamos junto com a Vale dialogando para que a Vale possa cumprir todo rito que qualquer outro projeto ou empresa é obrigada a cumprir para que o licenciamento possa acontecer”, declarou.

 

Em Curionópolis, o projeto gera ao menos 400 empregos diretos. “Emprego para nós é absolutamente fundamental, renda é fundamental, porque com emprego e renda as pessoas têm liberdade econômica, com emprego e renda as pessoas conseguem – com suor e talento – o sustento das suas famílias e a repercussão de transformação estrutural da sociedade”, destacou o governador.

Em julho, o deputado intermediou reunião entre o governador e o executivo da Vale no Pará, Antônio Padovesi, para tratar da situação, o que resultou na garantia dos empregos e acordo de celeridade na emissão da licença. Ainda em 2015, no governo Simão Jatene, foram solicitadas as licenças nunca expedidas.

Publicidade

Veja
Também