Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Servidores do Detran de Parauapebas aderem à greve estadual

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Quem procurou os serviços ofertados pelo Departamento de Trânsito do Pará (Detran) na manhã desta terça-feira (21), teve que voltar para casa. É que servidores públicos aderiram à greve estadual que teve início na última segunda-feira (20), mas como foi feriado municipal em Parauapebas, o ato na “Capital do Minério” só teve início nesta manhã.

Segundo os manifestantes, 80% dos serviços do órgão estão paralisados em todo o estado. Ontem (20), a categoria fez uma manifestação em frente à sede do Departamento de Trânsito que fica localizada na avenida Augusto Montenegro, em Belém.


Em Parauapebas, as áreas afetadas pela greve são os departamentos de veículos e vistorias, sendo que as entregas de CNH’s estão ocorrendo de forma normal.

A principal reivindicação dos trabalhadores é a publicação da portaria de terceirização do serviço de vistoria veicular. Também há outras reivindicações como reajuste da gratificação, revisão do plano de cargos, carreira e remuneração e a realização de concurso público.

“A greve é por tempo indeterminado por conta da postura do atual diretor geral que no final do ano passado publicou uma portaria de terceirização da área de vistoria veicular. Nós entendemos que é uma área de polícia administrativa, uma área de atendimento ao público que não pode ser entregue nas mãos de empresas privadas. Essa portaria é um ato ilegal, tanto é que entramos com uma ação onde o juiz intimou o atual diretor sobre esse processo de privatização. Desde dezembro ele nos ignora”, conta Denis Sampaio, presidente do sindicato da categoria.

Publicidade

Veja
Também