Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Servidores públicos são liberados para lutar por MP que beneficia Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Tendo como justificativa ser um dia de grande importância para Parauapebas, bem como para diversos outros municípios brasileiros, por ser votada na Câmara Federal a Medida Provisória 789 de 25 de julho de 2017, que dispõe sobre a Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), assunto de interesse da união e de todos os municípios e estados onde há o desenvolvimento da atividade mineradora, em razão do acréscimo de receita que os referidos entes receberão, beneficiando assim milhares de pessoas; o prefeito de Parauapebas, Darci Lermen, concederá ponto facultativo na próxima terça-feira (21), aos servidores públicos do Poder Executivo, exceto os de atividades essenciais, como, por exemplo, saúde e segurança.

O ponto facultativo será dado no dia em que será votada a citada MP. Porém, em coletiva de imprensa, concedida na manhã desta sexta-feira (17), Darci, ao falar do ato em favor dos servidores, deixou claro que não será um dia para festas ou passeios, mas para participar de atos alusivos à votação.


 

O prefeito detalhou que haverá na tarde daquele dia, concentração na portaria da Floresta Nacional de Carajás (Flonaca), onde será disponibilizado telão para que os servidores e demais interessados possam assistir a votação da MP, além de outras manifestações livres ou de classes que possam ocorrer em virtude da ação da Câmara Federal. “Essa é uma tarefa coletiva; da prefeitura, da câmara e de toda a população; sendo uma queda de braço salutar, pois melhora a vida de muita gente em diversos lugares do país. Acredito que iremos vencer, pois a votação e aprovação serão feitas com maioria simples na Câmara Federal”, avalia Darci, convidando a todos que não possam ir à Brasília, para que componham movimentos favoráveis e fiquem na torcida para que tudo termine de formam a favorecer os municípios minerados, entre eles Parauapebas.

Reportagem: Francesco Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também