Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Servidores recebem treinamento de combate a incêndios florestais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Prestado por militares que compõem o 23° Grupamento Bombeiro Militar, um treinamento com técnicas de combate a incêndios florestais foi iniciado nesta quinta-feira, 29, para dezenas de servidores municipais. A iniciativa faz parte de ações que vêm sendo realizadas em parceria firmada entre a Prefeitura de Parauapebas e o Corpo de Bombeiros Militar do Pará, da qual o governo municipal fornece principalmente apoio logístico aos militares.

Os servidores da Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi), por meio da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec), e da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semurb), inicialmente foram orientados a identificar as características de um incêndio.


Considerando a frequência de queimadas praticadas em áreas de reserva ambiental dentro do perímetro urbano, o foco do treinamento é voltado para incêndios florestais, cujo controle é considerado mais complexo, característica distinta de um incêndio doméstico, provocado em confinamento.

Durante o curso, os servidores serão capacitados para utilizar técnicas corretas de acordo com a proporção das chamas, com combate direto ou de forma indireta quando os riscos são maiores.

Segundo o bombeiro militar, sargento Ronaldo, para chamas com aproximadamente 1,20 cm de altura o recomendado é utilizar um instrumento chamado “abafador”. Acima desta medida, o combate é realizado indiretamente por via área ou com o uso de mangueiras com volume de água apropriado. São técnicas como estas que formarão uma brigada de incêndio com os servidores.

“O treinamento contribui com o conhecimento técnico que nossos servidores da Defesa Civil já utilizam para desempenhar suas tarefas no resgate de moradores em áreas de risco”, frisou Valvir Nogueira Fernandes, coordenador da Defesa Civil. O objetivo, ainda segundo ele, é preparar a equipe para agir também em combate a incêndios, aproveitando todo o conhecimento técnico repassado pelo Corpo de Bombeiros.

Reportagem: Jéssica Diniz

Publicidade

Veja
Também