Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Simão Jatene é diplomado hoje para o terceiro mandato

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Além dos eleitos, a cerimônia oficial contará com a presença de autoridades do Estado, como representantes dos três poderes, comandantes militares e presidentes de tribunais de Contas, e mais imprensa e convidados.

O local tem capacidade para 850 pessoas e cada um dos 63 políticos que receberão o diploma do TRE teve o direito de convidar dez pessoas. A mesa oficial do evento será formada pelos membros da Corte Eleitoral e titulares dos três poderes: Simão Jatene, pelo governo do Estado, Luzia Nadja Nascimento, pelo Tribunal de Justiça do Estado, e Márcio Miranda, pela Assembleia Legislativa do Estado do Pará. Os oradores do evento serão o procurador regional eleitoral, Alan Mansur, e o presidente do TRE, Leonardo Tavares.


Segundo o TRE, não está previsto o pronunciamento de nenhum dos candidatos diplomados, inclusive do governador reeleito Simão Jatene, por tratar-se de uma sessão do Tribunal Regional Eleitoral, realizada fora de sua sede. A diplomação seguirá a ordem de votação das urnas: primeiro serão diplomados os 41 deputados estaduais, depois os 17 deputados federais, seguidos do senador eleito e seus dois suplentes e, por fim, do governador – que segue para o terceiro mandato – e seu vice.

Apenas uma mudança ocorreu dentre os nomes dos eleitos divulgados logo após o resultado da apuração, no dia do pleito, e ela irá mexer na composição da Assembleia Legislativa do Estado do Pará: o candidato José Raimundo de Oliveira (PROS), conhecido como Belo, entra no lugar de Rui Begot (PR), que passa a ser o primeiro suplente do partido. Belo concorreu, durante toda a Campanha, com o registro indeferido por não ter apresentados todos os documentos obrigatórios no registro. Os documentos só foram apresentados no julgamento dos embargos declaratórios. Por conta disso, os 34.282 votos que recebeu nas urnas foram contabilizados em separado. Mas ao recorrer da sentença ele conseguiu decisão favorável na Justiça Eleitoral, possibilitando que seu registro fosse deferido. Após a nova decisão da Justiça Eleitoral, os votos passaram a constar no cômputo geral, ficando o candidato à frente de Begot, que obteve apenas 25.330 votos.

Veja quem receberá diploma do TRE no Pará

Governador: Simão Robison Oliveira Jatene

Vice-governador: José da Cruz Marinho

Senador: Paulo Roberto Galvão da Rocha

1º suplente de senador: Valdir Ganzer

2º suplente de senador: Ibanes Taveira da Silva

Deputados federais: Éder Mauro, Nilson Pinto, Edmilson Rodrigues, Lúcio Vale, Beto Faro, Wladimir Costa, Josué Bengston, José Priante, José Geraldo, Roberto Salame Filho, Elcione Barbalho, Júlia Marinho, Hélio Leite da Silva, Simone Morgado, Joaquim Passarinho, Arnaldo Jordy e Francisco Alves Aguiar.

Deputados estaduais: Márcio Miranda, Cilene Couto, Júnior Ferrari, Luiz Furtado Rebelo Filho, Neil Duarte, Ana Cunha, Martinho Carmona, Júnior Hage, Fernando Coimbra, Raimundo Santos, Eliane Alves da Silva, Sebastião Miranda Filho, Hilton Aguiar, Carlos Bordalo, Celso Sabino, Sidney Rosa, Cássio Andrade, Thiago Araújo, José Renato Ogawa Rodrigues, Divino dos Santos, João Chamon Neto, Wanderlan Quaresma, Milton Campos, José Raimundo de Oliveira, Antônio Gomes de Lima, Ozório Juvenil, Luiz Afonso Sefer, José Scaff, Olival Henrique Marques de Souza, Dirceu Ten Caten Pies, Airton Faleiro, Tércio Júnior Souza Nogueira, Francisco das Chagas Silva Melo Filho, Haroldo Martins, Iran de Lima, Eraldo Pimenta, Eliel Faustino, Waldemiro Sanova, Lélio Costa da Silva e Jaques da Silva Neves.

Reportagem e foto: ORM News

Publicidade

Veja
Também