Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

SPCDM promove sessão de cinema para alunos de Serra Pelada

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Cerca de 100 alunos da Escola Municipal Rita Lima, em Serra Pelada, participaram de uma sessão de cinema em um shopping em Parauapebas. A escola foi a campeã da Gincana do Meio Ambiente, promovida pela SPCDM (Serra Pelada Companhia de Desenvolvimento Mineral) em parceria com as escolas de ensino fundamental da vila e apoio da Prefeitura de Curionópolis.
Durante o mês de junho os alunos das escolas municipais arrecadaram quase duas toneladas de resíduos recicláveis. Os estudantes da escola Rita Lima conseguiram retirar das ruas e quintais da vila mais de uma tonelada de garrafas PET e latinhas de alumínio. Para Ivanilson Batista, aluno da 5ª série, além de preservar o meio ambiente a integração do grupo foi outro grande aprendizado. “Foi preciso muita união do grupo para ganhar o desafio. Eu e meus colegas nunca nos esforçamos tanto, hoje estamos mais unidos que nunca”, enfatiza Ivanilson.

Divididos em três ônibus, os estudantes deixaram Serra Pelada logo cedo. Parte do grupo nunca havia estado uma sala de cinema. Até então, fazia parte apenas do imaginário dos jovens. “Acho que é uma sala com uma tela enorme e um bocado de gente. Deve ser mais animado do que assistir filme na televisão em casa”, opinou Marcos Antônio, que com oito anos de idade nunca havia saído da vila. “É a primeira vez que vou sair da vila e o melhor de tudo é que conquistei esse prêmio com o meu esforço”, orgulha-se.


Antes do filme, um passeio pelos corredores do shopping. “É uma aventura, estou me sentindo um explorador”, comemora o jovem Ivanilson. Pipoca, refrigerante e ação! Durante quase duas horas, os alunos assistiram ao filme “Universidade Monstros” acompanhados pela coordenadora de Comunicação da SPCDM, Paula Mayumi. “Estamos muito felizes em poder proporcionar algo novo a esses jovens. O melhor de tudo é que eles entendem que o prêmio é fruto do empenho deles. A renda da venda dos resíduos recicláveis recolhidos por eles foi revertida na compra de uma data show para a escola vencedora”, pontua a coordenadora.

A escola utilizará o aparelho de data show como recurso pedagógico nas aulas. “Os professores vão aproveitar o aparelho para ensinar de forma mais criativa. O aprendizado com tecnologia é uma novidade para eles e isso servirá como incentivo para as crianças se unirem e recolhem mais materiais recicláveis”, revela a diretora da escola, Jardeane Costa. “Durante um mês além da união eles aprenderam que pequenas atitudes podem melhorar o ambiente em que eles vivem. Para nós, educadores, foi uma conquista”, pontua.

Conquista partilhada com a SPCDM que proporcionou a ação com o objetivo de conscientizar os alunos da necessidade de atitudes de preservação do meio ambiente de forma participativa e multiplicativa. “A conquista é de todos que abraçaram o projeto. O importante é que garantimos um aprendizado socioambiental que vai servir para toda vida desses jovens, contribuindo para a formação do caráter e melhora significativa na qualidade de vida deles como moradores da comunidade”, finaliza Paula Mayumi.

Publicidade

Veja
Também