Suposto traficante usa filha de 12 anos de idade para guardar maconha

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Polícia Militar deteve no início da manhã deste sábado (19) e encaminhou à Delegacia de Polícia Civil, em Parauapebas, o indivíduo identificado por Elenildo Escardoa da Silva, acusado de traficar droga no Bairro Jardim América e usar a própria filha de 12 anos para esconder o entorpecente numa bolsa de mão.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, a Polícia Militar recebeu a denúncia da existência de suposta boca de fumo localizada na Rua Santos Dumont, no Bairro Jardim América, e se dirigiu ao local.


Ao se aproximar do imóvel, a guarnição disse ter observado que um homem, identificado depois com sendo Elenildo Escardoa da Silva, havia jogado algo para o matagal. Alcançado pelos PMs, o suspeito levou os policiais ao matagal e foi encontrado um tablete de maconha.

Em conversa com a guarnição, Elenildo confessou que tem plantação de maconha no município de São Félix do Xingu, região sul do Pará, e chamou a filha de 12 anos de idade para entregar outro tablete de maconha que se encontrava numa bolsa de mão, totalizando, os dois pacotes da droga, 1.580 gramas.

Elenildo da Silva chegou a confessar para os policiais que usa o aparelho celular da filha e a própria adolescente para fazer os contatos com viciados e guardar a droga que comercializa.

A polícia aprendeu em poder do acusado dois aparelhos de celular marca Xiaomi (um de cor prata e outro vermelho), um de marca Samsung (vermelho) e 1.580 kg de maconha.

veja também