Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Supostos membros do PCC enfrentam a polícia e morrem no confronto

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Na noite desta quinta-feira (16), dois elementos acusados de assaltar dois estudantes no Bairro Guanabara, em Parauapebas, e levado a motocicleta enfrentaram uma guarnição das polícias Militar e Civil, mas foram atingidos mortalmente.

Um deles, Marcos Vinicius Sousa Oliveira, 18 anos, natural de São Luís (MA), morreu na hora, enquanto o outro, adolescente, chegou a ser socorrido e encaminhado para o hospital, mas morreu ao dar entrada na casa de saúde.


Em declarações prestadas à reportagem policial do Portal Pebinha de Açúcar, um dos estudantes que tiveram a motocicleta roubada, que pediu para não ser identificado, contou que seguia para faculdade com o colega. No cruzamento das ruas Manuel Bandeira e Daniela Perez, no Bairro Guanabara, dois homens armados abordaram os estudantes e ordenaram para eles entregar a chave, os celulares e os capacetes, e saíram na moto.

“Saímos atrás deles, avisamos a polícia, e aí aconteceu o tiroteio”, explica o dono da motocicleta, modelo CG Fan 150 cor preta e ano 2014.

Segundo a polícia, a dupla foi localizada num conjunto de quartos coletivos, localizado na Rua Monteiro Lobato, Bairro da Paz. Quando eles avistaram os policiais, um dos assaltantes, que estava saindo de bicicleta, sacou um revólver calibre 38 e apontou na direção da guarnição. O segundo, que se encontrava no interior do quarto, disparou um tiro e aí os policiais reagiram, ferindo os suspeitos mortalmente.

De acordo ainda com a polícia, os dois assaltantes têm uma extensa lista de assalto à mão armada. Marcos Vinicius, por exemplo, tinha saído da cadeia há menos de 30 dias.

 

PCC – A polícia encontrou um caderno em poder da dupla contendo regras das facções CV (Comando Vermelho) e do PCC (Primeiro Comando da Capital). Esses grupos criminosos, segundo a polícia, alugam armas para cometer assaltos. Quem entrar para um desses grupos e depois sair, a ordem do chefe é para ele ser executado. Há uma guerra entre os membros dessas duas facções. A maioria dos membros aqui em Parauapebas é formada por jovens.

“É importante que os pais acompanhem os movimentos desses jovens nas redes sociais e no celular, para tentar impedir o ingresso deles nesses grupos criminosos”, orienta um militar, acrescentando que atualmente está havendo confronto de facções dos bairros Tropical e Liberdade.

Objetos apreendidos:

✔ 01 celular Samsung J3 dourado;

✔ 01 celular Samsung preto;

✔ 02 celulares LG preto;

✔ 03 munições cal. .40 intactas;

✔ 42 munições cal. 9mm intactas

✔ 01 carregador de arma de fogo cal. 9mm

✔ 01 caderno capa azul contendo o Estatuto do PCC

✔ 01 arma de fogo, tipo revólver cal. 38;

✔ 01 arma fabricação caseira cal. 22;

✔ 01 munição cal 22 deflagrada;

✔ 01 balança de precisão;

✔ 04 munições cal 38 intactas;

✔ 01 munição cal. 38 deflagrada;

✔ 01 rolo de saco plástico;

✔ 01 tablete de entorpecente tipo maconha.

Publicidade

Veja
Também