Single Posts
Confirmados
21.805
Single Posts
Recuperados

11.263
Single Posts
Óbitos
155

 Publicidade

Tarifa Social volta com o desconto de até 65% na conta de energia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Mais de 144 mil famílias no Pará perderam os descontos na conta de energia

Com o fim da medida provisória do Governo Federal, que ampliou o desconto da Tarifa Social de Energia Elétrica para 100% no consumo de até 220 kWh, nos meses de abril, maio e junho, os mais de 802 mil clientes paraenses que fazem parte do programa voltam a ter o benefício de até 65% de desconto na tarifa de energia. Durante o período em que a MP 950/2020 estava em vigor, quase 49 mil novos cadastros foram realizados junto a Equatorial Energia Pará.

Para continuar economizando e diminuir os impactos da conta de luz no orçamento familiar, a Distribuidora orienta os seus clientes a continuarem mantendo hábitos conscientes dentro de suas residências. “Com o fim do desconto de 100% na tarifa, é normal que a conta de energia volte ao patamar anterior à pandemia do novo coronavírus. Então é importante que as famílias não desperdicem energia elétrica e adotem hábitos como desligar a luz ao sair dos ambientes, abrir a porta da geladeira apenas quando já souber a sua necessidade, manter a temperatura do ar condicionado em 23º graus, que é onde o consumo é menor e ainda optar pela utilização de equipamentos eletroeletrônicos com o selo A do Procel, que indica os aparelhos mais econômicos”, explica o gerente de relacionamento com o cliente, Haroldo Nobre.


A tabela abaixo mostra como permanece a aplicação de descontos, que são decrescentes e cumulativos, à medida que o consumo vai evoluindo, até o limite de 220 kWh/mês.

Residencial Baixa RendaRe​sidencial de Baixa Renda Indígena ou Quilombola
Consumo (kWh)Desconto (%)Consumo (kWh)Desconto (%)
0 a 30650 a 50100
31 a 1004051 a 10040
101 a 22010101 a 22010
maior que 220Não possuimaior que 220Não possui ​

Quem ainda não participa da Tarifa Social mas quer ser beneficiado, deve ficar atento ao perfil necessário para obter o desconto. Um deles é ser inscrito no CadÚnico, que concede o número do NIS e, ter renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa (R$ 522,50).

Outro pré-requisito é ser idoso ou deficiente que receba o Benefício da Prestação Continuada (BPC) com renda mensal por pessoa, inferior a um quarto do salário mínimo (R$ 261,25). As famílias inscritas no CadÚnico que tenha portador de doença que necessite de aparelhos ligados à energia elétrica de forma continuada, com renda mensal de até 3 (três) salários mínimos também podem receber o benefício, assim como as famílias indígenas e quilombolas inscritas no Cadastro Único com renda menor ou igual a meio salário mínimo por pessoa da família ou que possuam, entre seus moradores, algum beneficiário do BPC.

Cadastro – A Equatorial Energia Pará disponibiliza o cadastro na Tarifa Social por meio do site www.equatorialenergia.com.br, pelo WhatsApp, onde o cliente pode entrar em contato pelo número (91) 3217-8200 e fazer o cadastro de forma rápida e prática com a assistente virtual Clara ou ainda pela Central de Atendimento, no 0800 091 0196.

Informações sobre o NIS – para fazer o cadastro na Tarifa Social, é importante que o NIS esteja ativo. E, para saber se o cadastro ainda está ativo, o cliente pode ligar para a Central de Relacionamento da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania: 0800 707 2003 ou consultar a validade do NIS pelo aplicativo para smartphones, Meu CadÚnico, disponível para Android e IOS.

Publicidade

Veja
Também