Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Tentativa de assalto termina com duas mortes no Bairro Cidade Jardim, em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A guarnição da VTR 2307 da Polícia Militar, comandada pelos sargentos PM Wellington e Sandro foi acionada na noite de quinta-feira (19) para atender uma ocorrência de um duplo homicídio ocorrido na Rua V7, Quadra 14, Lote 24, no Bairro Cidade Jardim, em Parauapebas.

De acordo com o Sargento PM Sandro, ao chegar ao local, sua guarnição se deparou com dois desconhecidos mortos, e com base nas informações do Centro de Controle Operacional (CCO), a dupla havia cometido alguns assaltos na cidade, incluindo nos bairros Liberdade e Residencial dos Minérios.


O Sargento conta que os dois indivíduos tentaram invadir a uma residência no Bairro Cidade Jardim para cometer assalto e acabaram levando a pior. “Eles viram esta casa aberta e os três elementos entraram e renderam os moradores, porém, o dono da residência ao ver a tranquilidade dos elementos, teria pulado e conseguiu pegar a arma usada na tentativa de assalto e efetuou disparos, acertando mortalmente dois dos bandidos, enquanto que o terceiro elemento fugiu”, contou o policial.

Ainda segundo o militar, o dono da residência reagiu ao assalto entrando em luta corporal e matou dois dos elementos o terceiro bandido ainda conseguiu tirar a arma das mãos da vítima e tentou contra a vida do homem, porém, não conseguiu porque a munição já havia acabado.

Na hora do ocorrido, na garagem da casa onde os assaltantes tombaram, havia uma camionete, o que atrapalhou a rápida saída do trio. Após o crime, o dono da casa de nome não divulgado pela polícia deixou o local e através de sua advogada, a mesma informou que seu cliente irá se apresentar na próxima semana às autoridades policiais.

A arma, uma beretta CBC calibre 22, usada por um dos assaltantes, mas tomada pelo dono da residência e usada por ele para matar a dupla, além de três celulares foram apreendidos no local e apresentados na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas para o delegado plantonista Fernando Oliveira.

Por volta das 23h40, uma irmã de um dos mortos, identificado por Arionaldo Viana Leite, de 18 anos de idade, apareceu na delegacia, quanto ao comparsa dele, ela disse não conhecer.

Faltando 1o minutos para 01h00 da manhã de sexta-feira (20), familiares da segunda pessoa morta, identificada como Inácio Aurélio Maranhão Costa, que tinha apenas 16 anos de idade, compareceram até a Delegacia de Polícia Civil de Parauapebas.

Reportagem: Caetano Silva / Correspondente Policial do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também