Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

UBER X TÁXI: “Há espaço para todos trabalharem sem violência”, relata Parcerinho

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Marcelo Parcerinho – Vereador

Durante a manhã desta terça-feira (29), em pronunciamento feito no grande expediente da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Parauapebas, o vereador Marcelo Parcerinho (PSC) comentou sobre as modalidades de transporte de táxi, moto-táxi, micro-ônibus e aplicativos, como o Uber, por exemplo.

Parcerinho lamentou um fato ocorrido no último domingo (27), onde taxistas estão sendo acusados de ter destruído um veículo cadastrado na Uber, onde o filho do proprietário do carro estava saindo de um show com sua namorada e acabou sendo atacado.


“Esse fato que aconteceu é lamentável. Já solicitei aqui nesta tribuna a realização de uma Audiência Pública para debatermos com os usuários e operadores do transporte em Parauapebas, tanto os taxistas, mototaxistas e representantes das categorias de micro-ônibus, quanto os representantes de novas modalidades, que são os aplicativos como Uber e 99, por exemplo”, relatou o parlamentar.

Marcelo Parcerinho disse que a chegada da modalidade dos aplicativos é bem vinda pela população e é preciso que seja regulamentada em Parauapebas. “Os aplicativos foram aprovados no Senado e Câmara Federal, porém, os municípios têm a responsabilidade de fazer a regulamentação e o caminho inicial é através de uma audiência pública para que possamos ouvir a todos os trabalhadores que operam nas diversas modalidades de transporte público, inclusive táxi-lotação e os usuários”, enfatizou o vereador.

Ainda de acordo com Parcerinho, “há espaço para todos trabalharem sem violência. Nada justifica a depredação que foi feita contra um carro da Uber. A polícia precisa apurar os fatos, ouvir os dois lados e fazer a investigação da forma correta”.

Publicidade

Veja
Também