Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Uepa inscreve para programa de acompanhamento pós covid-19 a partir de segunda (17)

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Universidade do Estado do Pará (Uepa), por meio do Ambulatório de Doenças Cardiorrespiratórias, inicia, na próxima segunda-feira (17), as inscrições para o Programa de Atenção Integral à Saúde de Pacientes Pós-Covid-19. Os interessados devem se cadastrar via WhatsApp, enviando nome completo e telefone de contato, para o número (91) 98118 2421, entre os dias 17 e 21 de agosto.

Após esse registro, a equipe fará uma triagem por meio de contato telefônico com os pacientes cadastrados e obterá mais detalhes clínicos, o que permitirá alocá-los para avaliação, dependendo da necessidade. A avaliação presencial dos pacientes triados e alocação nos diferentes serviços será a terceira etapa do programa.


O acompanhamento destina-se a maiores de 18 anos que já foram diagnosticados e concluíram o ciclo de manifestação do vírus. O atendimento é destinado tanto aos recuperados que confirmaram a doença por meio de algum teste ou apenas apresentaram sintomas característicos da infecção pelo novo coronavírus.

Além da avaliação clínico-funcional, o paciente poderá realizar exames de espirometria e tomografia computadorizada de tórax; reabilitação pulmonar; avaliação dermatológica; e atendimento neurológico. Posteriormente, existe também a possibilidade de inclusão em outros serviços oferecidos pela Unidade como, por exemplo, acompanhamento de Hematologia, Clínica Médica, atendimento psicológico e nutricional.

Os atendimentos ocorrem de segunda a quinta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h, na Unidade de Ensino e Assistência em Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Ueafto/CER III), localizada no Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), o Campus II da Uepa, em Belém.

A proposta é atender em torno de 35 pessoas por dia. Aos pacientes selecionados, serão exigidos presencialmente, durante a avaliação, os seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).

A iniciativa é coordenada pelo professor Fábio Falcão, por meio do projeto intitulado Programa de Atenção Integral à Saúde de pacientes Pós Covid-19. A equipe multiprofissional é composta por professores, alunos e profissionais da saúde, tendo como objetivo avaliar os diversos impactos da doença no organismo dos pacientes, bem como acompanhar e reabilitar pessoas que ficaram com lesões e sequelas.

O Programa teve início em julho deste ano, quando foram cadastrados 1.783 pacientes. Para o professor, tão importante quanto tratar a infecção, é recuperar e acompanhar as sequelas e lesões deixadas pela doença, permitindo que os pacientes voltem aos estados pregressos.

“Trata-se de um programa ambulatorial inédito no estado do Pará, que avalia os diferentes impactos da Covid-19 nos pacientes em fases crônicas (pós doença), incluindo sintomas respiratórios, dermatológicos, urológicos, hematológicos, além de reabilitação pulmonar, acompanhamento clínico geral, psicológico, nutricional, entre outros”, afirma o professor.

Publicidade

Veja
Também