Vale abre 1.200 vagas exclusivas para mulheres em Programa Formação Profissional

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Desde a última segunda-feira (18), a Vale abriu as inscrições para cerca de 1.200 vagas exclusivas para mulheres e pessoas com deficiência em seu Programa Formação Profissional (PFP). As oportunidades estão distribuídas em cinco estados: Pará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais e Rio de Janeiro. No Pará, serão mais de 400 vagas distribuídas nos municípios de Parauapebas, Canaã dos Carajás, Curionópolis e Ourilândia do Norte. O PFP oferece qualificação profissional para o desempenho de funções operacionais e técnicas em diversas áreas de negócio da Vale. As mulheres e as pessoas com deficiência (homens e mulheres) interessados em se candidatar ao processo devem ser inscrever pelo site www.vale.com/pfp até o dia 27 de julho.

O programa é realizado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e os(as) candidatos(as) precisam ter a partir de 18 anos de idade e formação completa no Ensino Médio Regular ou em Cursos Técnicos de Ensino Médio, de acordo com a vaga. A aprendizagem teórica dura de 4 a 6 meses e a prática ocorre em até 12 meses, nas instalações da Vale.


Sendo uma das principais portas de entrada para cargos operacionais e técnicos na Vale, o PFP reforça a meta da empresa de dobrar a representatividade de mulheres até 2025 (de 13% para 26%). Mira Noronha, gerente global de Atração de Talentos da Vale, destaca este compromisso com a diversidade. “A atração de mais mulheres cis e trans e de pessoas com deficiência contribui para a evolução da empresa, uma vez que um ambiente mais diverso resulta em inovação, troca de experiências, diferentes pontos de vista e produtividade. Buscamos a pluralidade e oferecemos um ambiente de trabalho que respeita e reconhece a singularidade de cada um”, afirma.

veja também