Vale desmente informação que estaria demitindo funcionários em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Depois da tragédia que ocorreu em Brumadinho-MG, várias mensagens estão circulando pelas redes sociais em Parauapebas, dando conta que a mineradora multinacional Vale estaria demitindo funcionários que atuam no complexo Carajás.

Em uma das mensagens, o texto afirma que Parauapebas estaria sendo penalizada pelos efeitos da tragédia em Brumadinho, sendo várias pessoas demitidas e que a mineradora estaria transferindo funcionários de Minas Gerais para ocupar as respectivas vagas em Parauapebas. “Precisa imediatamente haver uma discussão entre os podres governamentais do município com a Vale, não podemos pagar o pato por um erro que não é de nossa autoria”, diz trecho de um texto que circula pelas redes sociais.


Vale se manifesta

Para confirmar a veracidade da informação, a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Vale, que por sua vez, negou que a empresa está demitindo pessoas, confira a nota na íntegra:

“A Vale ressalta que não procede informações, que circulam em aplicativos de conversa sobre demissões em Parauapebas, face o ocorrido em Brumadinho. A empresa permanece contribuindo com o desenvolvimento socioeconômico do município, por meio da geração de oportunidades de trabalho em suas operações e projetos, arrecadação e o fomento à economia local.
No Estado, a empresa emprega hoje mais 26 mil pessoas em suas operações, sendo 16 mil em Parauapebas. Somente no ano de 2018, as suas operações geraram R$ 2 bilhões aos cofres públicos considerando apenas quatro tributos (ICMS, TFRM, TFRH e ISS) e a CFEM”.

Publicidade

veja também