Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Vaqueiro bate em ex-mulher com corrente e vai parar na cadeia em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Se encontra recolhido na carceragem do Bairro Rio Verde, em Parauapebas e à disposição da Justiça o vaqueiro identificado como Francisco Serejo Bonfim, 34 anos de idade, preso por volta das 10h00 da última sexta-feira (28), ao infringir a Lei Maria da Penha. Francisco foi denunciado por agredir com uma correte sua ex-esposa identificada por Tais da Silva, de 23 anos.

Segundo a vítima, ela morava com o acusado há sete anos, com quem tem uma filha, e o espancamento aconteceu na madrugada após uma discussão entre os dois por causa de ciúmes de Francisco Serejo.


Preso pela guarnição do Sargento PM Ademilson, o acusado foi apresentado no 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas.

Tais Silva que estava com um grande hematoma nas costas, deixado pela corrente usada pelo ex-marido, também foi levada pelos policiais para registrar o caso junto à Delegacia de Apoio à Mulher (DEAM), que tem como presidente da pasta a delegada Anna Caroline.

Ouvido pela reportagem o vaqueiro disse que está separado de Tais Silva á um ano e que ela não aceita a separação. “Quando sai de casa, eu dei a residência com tudo que tem dentro para ela e fiquei com um lote perto da casa dela, e quando fui vender meu lote, ela não deixou. Tenho outra família e ela que me tomar tudo”, alegou o vaqueiro Francisco Santana, assumindo que se excedeu ao perder a paciência e agredir a ex-mulher.
Francisco  já esteve preso outra vez pelo mesmo crime.

Reportagem: Caetano Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também