Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Vendas de caminhões e ônibus crescem 14,32% em outubro, Parauapebas é destaque

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

De acordo com levantamento apresentado pelo Sincodiv PA/ AP – Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos do Pará e Amapá, com base nos emplacamentos de veículos, no mês de outubro, foram realizadas vendas de 12.396 unidades, entre automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros, como carretinhas para transporte. No entanto, o valor representa uma queda de 2,77% no comparativo com o mês de setembro, quando foram registradas vendas de 12.749 unidades.

Com relação aos segmentos de automóveis e comerciais leves, somados, apresentaram queda de 2,28% no comparativo entre setembro e outubro, passando de 4.742 unidades para 4.634 veículos. Se o comparativo for realizado com o resultado do acumulado, os segmentos, juntos, apresentaram queda de 3,51%, passando de 46.028 unidades em 2013, para 44.411 este ano.


Segundo o presidente do Sincodiv, Leonardo Pontes, é esperado, até o final do ano, um aquecimento nas vendas, devido à antecipação de compras por conta do fim do benefício do IPI, programado para o dia 31 de dezembro. A medida do Governo Federal objetivou não causar uma queda nas vendas de automóveis ao longo do ano. “A indústria automobilística é muito importante para a economia brasileira. Ela representa 25% da produção industrial. Então, para manter a produção industrial crescendo, é importante que a indústria automobilística continue crescendo”, afirmou Leonardo.

Desempenho municípios – Entre os municípios paraenses, Belém continua tendo a maior participação no volume de vendas. No setor de automóveis, a capital teve participação de 42,1% nas vendas, seguida de Ananindeua, com 9,5% e Marabá, com 7,2%. No segmento de caminhões, Belém alcançou 16,6% de participação. Marabá e Parauapebas também tiveram bons desempenhos neste segmento, marcando, respectivamente, 8,1% e 6,2% de presença nos emplacamentos. No segmento de ônibus, a capital alcançou 39,8% de participação, seguida de Marituba, que obteve 17,1% e Parauapebas, que alcançou 13% das vendas.

Ranking de vendas

Automóveis e comerciais leves – foram emplacados 4.634 veículos. Em relação a setembro a retração foi de 2,28%. Quando comparado ao mesmo período do ano anterior, apresenta queda de 4%.

Caminhões e ônibus – foram vendidos 431 veículos. Os segmentos sofreram alta de 14,32% em relação a setembro, e de 8,02% sobre outubro de 2013.

Motocicletas – Foram emplacadas 7.081 motocicletas. O setor sofreu desaceleração de 3,27% nas vendas, em relação a setembro. Quando comparado ao mesmo período do ano passado, o segmento caiu 16,17%.

Implementos rodoviários – O setor segue em expansão. Foram emplacados 107 veículos, em outubro, com alta de 20,22% sobre setembro e 5,94% sobre outubro de 2013.

Publicidade

Veja
Também