Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Vereador pede à prefeitura ônibus específicos para o transporte de feirantes

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Em sessão ordinária realizada na tarde da última terça-feira (06), na Câmara Municipal de Vereadores de Parauapebas, o vereador Bruno Leonardo Araújo Soares (PP), através da indicação de número 118/2013, solicitou à Prefeitura Municipal de Parauapebas, que o Poder Executivo disponha de ônibus específicos para transportar os feirantes nos dias de feira e transporte público diário voltado para quem mora na zona rural de Parauapebas.

De acordo com o parlamentar, a situação atual em que se encontra o transporte usado pelos feirantes e grande parte das pessoas que moram na zona rural é totalmente ultrapassado, e diariamente coloca em risco a vida de várias pessoas.


A indicação do vereador Bruno Soares foi aprovada por unanimidade e agora cabe à Prefeitura Municipal de Parauapebas, por meio do atual prefeito Valmir Mariano (PSD), tomar as providências cabíveis.

Confira na íntegra as palavras de Bruno Soares:

“Em Parauapebas o transporte e mobilidade são precários, situação mais grave é encontrada na zona rural.
O deslocamento dos feirantes dos sítios até as feiras, em geral, é realizado pelos próprios caminhões que trazem os alimentos que são vendidos nas feiras da cidade. Nas carrocerias é levado, além dos alimentos, os feirantes com suas respectivas famílias.
Também é comum em nossa cidade o transporte de pessoas que vivem em vilas e sítios pelos conhecidos “pau-de-arara”, meio de transporte irregular, o qual consiste em adaptar caminhões para o transporte de passageiros: sobre a carroceria do veículo são colocadas tábuas, que servem de assento, e a instalação de uma lona como cobertura a proteger das intempéries, como sol e chuva.
Essas duas condições que tanto nos preocupa pela situação de risco que essas pessoas são expostas, além de infringir o artigo 230, inciso II di Código de Trânsito Brasileiro, o qual considera infração reduzir o veículo transportando passageiros em compartimento de carga, é rotineira em Parauapebas e remontam aos tempos em que não havia outras formas para o transporte de maiores quantidades de pessoas, bem diferente dos tempos atuais.
Defendo que o Plano de Mobilidade Urbana, já requerido aqui na tribuna por mim no dia 7 de maio do corrente ano, deva ser elaborado o mais breve possível de forma a refletir as condições de mobilidade e transporte como um todo, buscando com a sociedade construir alternativas emergenciais e de longo prazo, incluindo a agricultura familiar, a qual também é carente de transporte e mobilidade”, destacou o vereador Bruno Soares, líder do Partido Progressista (PP) na Câmara Municipal de Parauapebas.

Publicidade

Veja
Também