Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Vereadores de Parauapebas visitam Gurupi-TO em busca de conhecimentos para implantação de Faculdade

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Uma comitiva formada pelos vereadores Josineto Feitosa de Oliveira (PSDC), Bruno Soares (PP) e José Arenes (PT) visitou durante esta semana o município de Gurupi, no Estado do Tocantins.

O objetivo da viagem foi de conhecer de perto o Centro Universitário UnirG, que é uma instituição Pública Municipal de Ensino Superior mantido e representado pela Fundação UnirG – entidade de direito pública detentora de mesmo regramento jurídico dispensado às autarquias, para ver a viabilidade de implantar em Parauapebas uma Universidade Pública Municipal.


Na visita à Unirg, os vereadores Bruno Soares, Josineto Feitosa e Arenes foram recepcionados pelos reitores da Universidade Alexandre Dias e Victor Oliveira, que na oportunidade apresentaram todos os detalhes do projeto e tiraram as dúvidas dos parlamentares de Parauapebas que querem seguir o exemplo de Gurupi e usar na futura Universidade Pública Municipal que deve ser instalada no município nos próximos anos.

Ainda na viagem à Gurupi, Bruno, Arenes e Josineto foram recebidos pelo prefeito da cidade, Laurez Moreira (PSB) e pelo diretor do Campus da Unirg, professor Eduardo Lemmus.

De acordo com o vereador Bruno Soares, a viagem ao município tocantinense foi muito produtiva. “Muitas pessoas já tinham chegado até a mim elogiando a Unirg, e como recentemente apresentei na Câmara de Vereadores um projeto para a implantação da Universidade Pública de Parauapebas, fomos até Gurupi, conhecemos o projeto que já é sucesso lá e com certeza trouxemos na bagagem muitos conhecimentos positivos que serão usados também aqui em Parauapebas”, declarou.

Josineto Feitosa, atual presidente da Câmara de Parauapebas, relatou que a viagem foi importante, “afinal, conhecemos um projeto que deu muito certo em Gurupi, e podemos unir as experiências e implantar também aqui em nosso município”, afirmou.

Por sua vez, o vereador José Arenes, se disse feliz em estar participando desta comissão que visa buscar conhecimentos para serem aplicados na futura implantação da Universidade Pública Municipal de Parauapebas.

Universidade Pública de Parauapebas
Na Sessão Ordinária que foi realizada na Câmara de Parauapebas na última terça-feira (18), o vereador Bruno Soares que é líder da bancada do Partido Progressista (PP), apresentou a indicação de número 108/2013, de sua autoria, que solicita ao Poder Executivo a criação da Universidade Pública Municipal de Parauapebas.
A indicação foi aprovada por unanimidade por todos os vereadores e a pauta foi bastante elogiada, tendo inclusive a mesa diretora do Poder Legislativo se posicionado imediatamente para que a implantação do órgão de educação seja implantado o mais rápido possível pela administração do Prefeito Valmir Mariano (PSD).
Em declarações prestadas à reportagem, o vereador Bruno Soares afirmou estar muito feliz por ter dado início para a realização de um sonho antigo dos munícipes de Parauapebas. “Entendo que a criação da Universidade Municipal de Parauapebas proporcionará à nossa população a oportunidade da educação continuada, permitindo-lhes o acesso e a disputa ao mercado de trabalho em igualdade de condições com os moradores de outras cidades e regiões”, destacou Bruno Soares.

Sobre a UnirG
O Centro Universitário UnirG é a maior Instituição de Ensino Superior do Sul do Tocantins e uma das mais prestigiadas de todo a Região Norte, com aproximadamente 4.400 alunos matriculados em cursos de graduação e pós-graduação. Ademais, também é o quarto maior orçamento público do Estado, além de ser uma das maiores instituições empregadoras do Tocantins, possuindo atualmente 392 professores e 553 funcionários, entre técnicos administrativos e estagiários.
Em 2008 se transformou em Centro Universitário UnirG como parte de um processo histórico resultante de 25 anos de existência, tendo iniciado sua trajetória como faculdade isolada, então denominada Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas de Gurupi (FAFICH), mantida pela Fundação Educacional de Gurupi (FEG) no período compreendido entre 1985 a 1997.
De lá pra cá o Centro Universitário UnirG recebeu novos cursos e investimentos e fornece atualmente 14 cursos de graduação, cada um deles subordinado a sua respectiva unidade coordenadora. Os cursos são subdivididos em quatro grandes áreas, a saber Ciências Biológicas e da Saúde, Ciências Exatas e da Terra, Linguística e Ciências Sociais Aplicadas e Ciências Humanas.
Para 2013,a UnirG tem orçamento de R$44.000.000,00 (quarenta milhões).

* Com informações e foto de Alderi Gonçalves

Publicidade

Veja
Também