Vereadores pedem à prefeitura prorrogação do Programa Gira Renda por mais dois anos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Os vereadores Israel Miquinha (PT), Josivaldo da Farmácia (PP) e Josemir Santos (Pros) solicitaram ao Poder Executivo que o Programa Gira Renda seja prorrogado por mais dois anos.

O pedido foi apresentado ao plenário na sessão ordinária de terça-feira (14) por meio da Indicação de nº 579/2021, em que os parlamentares pedem que seja acrescido ao benefício o reajuste de 25% na parcela.


Os vereadores ressaltaram que o programa municipal de transferência de renda auxilia milhares de famílias em situação de pobreza e extrema pobreza e incentiva a circulação de recursos financeiros em mais de 150 micro e pequenos comerciantes do município.

Os legisladores definiram o programa como uma ajuda de extrema importância em um período marcado por turbulências econômicas e sociais, causadas em grande parte pela pandemia da covid-19.

Para eles, prorrogar essa ajuda a pessoas com risco de vulnerabilidade social é de relevante, devido às incertezas que ainda permeiam o nosso mundo, já que, infelizmente, a pandemia ainda não acabou e seus efeitos nocivos na economia e na vida das pessoas são cada vez maiores.

Sendo ainda, é necessário fazer o reajuste do valor da parcela, já que a inflação neste último ano afetou principalmente os itens essenciais à sobrevivência das pessoas como alimentos, medicamentos e transporte. Tornando necessário atualizar o benefício mediante o índice do IPCA acumulado dos últimos 24 meses, de junho de 2019 a junho de 2021, que é de 10,67%, mais 14,33% de ganho real, alcançando um reajuste total de 25%.

Conforme destacaram os vereadores, o programa tem como meta atender a cerca de cinco mil famílias com R$ 100, num aporte financeiro mensal de R$ 500 mil. Com o reajuste, esse aporte passará a R$ 625 mil.

Assim, cada família beneficiária receberá um termo de responsabilidade acerca do uso do cartão e das obrigações. Para garantir que a política pública de desenvolvimento social seja implementada de forma completa, todas as famílias contempladas têm a obrigatoriedade de serem acompanhadas por profissionais da saúde, educação e assistência social.

Diante da importância do pedido para o amparo às famílias vulneráveis economicamente, os vereadores aprovaram em unanimidade a Indicação nº 579/2021. Com o parecer favorável da Casa Legislativa, a proposição será encaminhada à administração municipal, que deverá analisar a viabilidade financeira para a execução do pedido. Caso haja disponibilidade de recursos, o benefício Gira Renda será prorrogado.

 

veja também