Vereadores solicitam implantação de clínica para dependentes químicos, centro especializado em autismo e UPA

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Melhorias e ampliação dos atendimentos na área da saúde foram propostas pelos vereadores Léo Márcio (Pros), Francisco Eloecio (Rep) e Zé do Bode (MDB), na sessão ordinária da Câmara Municipal de Parauapebas realizada terça-feira (7).

Clínica para dependentes químicos


Por meio da Indicação nº 245/2022, Léo Márcio propôs ao Poder Executivo Municipal que implante uma clínica municipal para recuperação e tratamento de dependentes químicos. O vereador sugere ainda que no referido espaço sejam ofertados cursos de qualificação e reinserção no mercado de trabalho para essas pessoas.

“Pensando no resgate daquelas pessoas que se encontram em dependência química, bem como considerando que Parauapebas possui respaldo estrutural e financeiro para tal projeto, sugiro aqui a criação de uma clínica municipal para o tratamento dos dependentes químicos, mediante a implantação de um amplo espaço, destinado especialmente para esse fim, munido de remédios e de profissionais legalmente habilitados para isso”, explicou.

Casa Azul

Já o vereador Francisco Eloecio apresentou a Indicação nº 246/2022, sugerindo a implementação do Centro Especializado em Autismo – Casa Azul em Parauapebas. O referido espaço possui um atendimento personalizado e humanizado, que inicia com avaliação das crianças e adolescentes autistas, seguido do diagnóstico unificado e o tratamento com uma equipe multiprofissional composta por psicólogos, pedagogos, assistentes sociais, neurologistas, nutricionistas, educador físico, terapeuta ocupacional, fisioterapeutas e advogados.

“A Casa Azul é um centro de atividades no âmbito do serviço social, da pedagogia e da saúde, em busca do desenvolvimento como cidadão e da inclusão efetiva dos usuários, o intuito é fortalecer atendimento para os autistas e famílias no município e região”, ressaltou o parlamentar.

 

UPA

Por fim, Zé do Bode pediu na Indicação nº 259/2022 a realização de estudo para analisar a viabilidade de criação de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de primeiros socorros 24 horas, no Complexo VS-10, devido a alta demanda dos moradores dos mais de 25 bairros que compõem a região.

“O Complexo VS-10 está a aproximadamente oito quilômetros do hospital municipal e a quase trinta minutos de percurso, face ao grande fluxo de veículos. A presente indicação tem por objetivo tentar minimizar os problemas de atendimento de primeiros socorros do hospital, assim como diminuir o tempo de atendimento das ocorrências do complexo, que é muito elevada considerando o número de habitantes que pode chegar facilmente a casa dos 50 mil”, relatou.

Aprovação

As três indicações foram aprovadas e encaminhadas para análise do prefeito Darci Lermen.

 

veja também