Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Veterinária explica como proteger os pets de carrapatos e pulgas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Quando os cães e gatos começam com aquela coceirinha intensa pelo corpo, é sinal de que algo não está normal. Pulgas e carrapatos são verdadeiros incômodos para os pets. Além de desagradáveis, esses parasitas podem transmitir doenças e representar um risco à saúde dos animais e até da sua família.

Para você que tem um cão ou gato em casa deve sempre ficar atento à higiene do seu animal. Aproveite aquele momento de carinho, brincadeira ou banho para fazer a inspeção e assim eliminar de imediato os parasitas.


Carrapatos são parasitas que se alimentam do sangue dos animais e podem transmitir doenças graves tanto para cães, gatos e até os humanos. Os carrapatos são maiores que as pulgas se locomovem lentamente por isso são mais fáceis de serem encontrados. Já as pulgas também são parasitas que se alimentam do sangue são pequenas e se movimentam rapidamente e possuem a capacidade de soltar.

Josilene Aguiar é dona de casa e trouxe a mais nova mascote para atualizar a caderneta de vacinação em um pet shop no Bairro Cidade Nova, em Parauapebas. Linda é uma rottweiler de 4 meses. Além da Linda, dona Josilene tem mais dois cães em casa. “Eu amo animais e tomo o maior cuidado quando o assunto é a saúde deles, todos são vacinados. Os pais da Linda nunca tiveram carrapatos graças a Deus, mantenho a higiene deles em dias, lavo constantemente o local onde eles ficam e uso vários produtos para evitar os parasitas”, destacou dona Josilene.

 

Jully Aoyagui é médica veterinária e explica que tem várias formas de eliminar os parasitas. “A melhor forma de controlar o ectoparasita nos pets são os comprimidos, as medicações, que tem durabilidade 1 a 3 meses, tirando os comprimidos temos óleos corporais, repelentes e coleiras que combatem os parasitas”, enfoca a médica veterinária

É de fundamental importância também manter a higienização do ambiente onde ficam os pets. “Você tem que tomar muito cuidado na hora em que for jogar alguns produtos tóxicos para fazer a limpeza da área, sempre que for lavar o ambiente manter seu animal longe dos produtos”, lembra a veterinária.

Dicas anotadas, agora é só diversão com o seu animal de estimação. E lembrando que em caso de dúvidas, procure um médico veterinário.

Publicidade

Veja
Também