Single Posts
Confirmados
27.118
Single Posts
Recuperados
17.094
Single Posts
Óbitos
184

 Publicidade

VÍDEO: motoqueiro força passagem sobre trilho e escapa por um triz

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
VÍDEO: motoqueiro força passagem sobre trilho e escapa por um triz

A cena foi na cabeceira da ponte sobre o Rio Tocantins, na Estrada de Ferro Carajás, em Marabá. Um motoqueiro contou com ajuda de um segundo homem para atravessar uma motocicleta sobre os trilhos, no famoso “jeitinho”. Aparentando uma “calma” irresponsável, mesmo percebendo a aproximação do trem, eles seguem empurrando a moto e na linha de colisão até poucos segundos da passagem da locomotiva. Ambos escaparam da morte certa e de um incidente que poderia ter grandes proporções. A imagem é das próprias câmeras de segurança da EFC e vazou em grupos de Whatsapp minutos após a ocorrência na madrugada de 10 de agosto.

Segundo o que consta na própria imagem, tudo aconteceu às 5h58 desta segunda-feira, no Km 724 da ferrovia. Na alça de acesso rodoviário à ponte, no sentido de quem atravessa de São Félix para a Nova Marabá, um motoqueiro está parado bem ao lado da estrada de ferro. Logo se aproxima uma segunda moto, com um casal. O piloto para, desce e passa a ajudar o primeiro homem a empurrar a motocicleta na travessia sobre os trilhos, “cortando volta” para o lado contrário.

A câmera de segurança da EFC mostra com nitidez a ordem dos fatos e a tranquilidade imensa dos dois homens, que denota, a quem assiste o vídeo, que nenhum perigo iminente havia. Até que surge na imagem o trem de minério, contra a angustiante cena dos dois ainda sobre os trilhos, com uma das rodas engatadas.


A ocorrência é tão inacreditável que suscitou em muitos internautas o comentário de que era uma “montagem”, uma manipulação de vídeo, mas o Correio de Carajás apurou, extraoficialmente, junto a funcionários da ferrovia, que o vídeo é autêntico e que realmente se trata de imagem de uma das câmeras de segurança da Vale.

A ocorrência mostra, que mesmo com inúmeros avisos de perigo, grades em muitos trechos, passarelas, viadutos e outros incrementos recentes na área urbana para manter pessoas longe dos trilhos, ainda há muitos casos de pessoas que colocam em risco as suas vidas e de terceiros, de forma inadvertida.

Portal Correio de Carajás solicitou nota da empresa Vale, controladora da Estrada de Ferro, sobre o ocorrido. Em sua resposta, a mineradora não comenta a ocorrência em si, mas reforça quanto aos seus procedimentos de segurança:

“A Vale ressalta que para cruzar a ferrovia é obrigatória a utilização das passagens oficiais: passagens em nível, viadutos e passarelas. A empresa investe constantemente em programas e ações socioeducativas, que visam a conscientização das comunidades para a convivência segura com a via férrea. Entre as orientações, é fundamental obedecer as leis do trânsito ferroviário brasileiro e não andar sobre os trilhos”.

Assista o vídeo do momento da ocorrência aqui no portal.

Publicidade

Veja
Também