Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Vizinho ‘toca fogo’ em mato e atinge duas casas em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Ainda se nota a fumaça, mesmo com a rápida ação do Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBMPA), que, acionado, compareceu ao local com uma equipe de combate para debelar o incêndio provocado por ação humana, por volta de meio dia desta segunda-feira (24).

Tratam-se de duas casas, ambas construídas com madeira, na Rua 58 do Bairro Jardim Canadá, em Parauapebas, que, só por não ter a presença de pessoas, evitou-se uma tragédia maior, tendo apenas perdas materiais.


De acordo com o sargento bombeiro militar, Helton Pimentel, que comandou a guarnição, todos os que moram na casa estavam para o trabalho, momento em que um vizinho decidiu queimar a vegetação que roçou no fim de semana, vindo a perder o controle da queimada, tendo com saldo negativo duas casas atingidas. “Por ser de madeira, o fogo se alastrou rapidamente, mas, por ser de fácil acesso e em razoável distância do Quartel do Corpo de Bombeiros, foi possível chegar em tempo de evitar a queima total dos imóveis”, contou sargento Pimentel, detalhando que a ação se deu por combate direto feito pela guarnição composta pelos Sargentos Helton Pimentel e Santiago e Soldados Tadeu e Ismael Carlos, usando uma VTR de 6 mil litros de água.

Helton Pimentel alerta para que se tome cuidado ao realizar queimadas, devendo só fazê-las em casos em que não haja outras alternativas; e em casos assim, se deve, segundo o militar, aceirar a área de forma adequada e haver planejamento como, por exemplo, horários e forma de efetuar a queima. “As pessoas não precisam ter receio de procurar orientação no quartel do Corpo de Bombeiros, afinal, somos servidores públicos, sendo nosso dever servir a população”, explica Pimentel, orientando que o papel não é apenas combater o incêndio, mas, trabalhar para evitar que aconteçam.

Publicidade

Veja
Também