Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Ibope afirma que não realizou pesquisa eleitoral em Parauapebas

Com a aproximação das eleições municipais, começam a circular pelas redes sociais algumas notícias de pesquisas eleitorais com o objetivo de beneficiar grupos políticos.

Durante a tarde desta terça-feira (18), Sérgio Toledo, consultor do Ibope Inteligência entrou em contato com a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar e negou que a empresa tenha feito uma pesquisa eleitoral em Parauapebas, confira abaixo a nota na íntegra:

“O IBOPE Inteligência esclarece que não realizou pesquisa eleitoral no município de Parauapebas, no Pará, para averiguar a intenção de voto para a prefeitura da cidade.
Aproveitamos para esclarecer, ainda, que os resultados de todas as pesquisas eleitorais realizadas pelo IBOPE Inteligência, para divulgação, estão disponíveis em www.ibopeinteligencia.com”.

Pró-Saúde abre vagas de emprego em Belém, Ananindeua, Altamira e Marabá

Hospitais públicos gerenciados pela Pró-Saúde no Pará estão com vagas de emprego abertas nas cidades de Belém, Ananindeua, Altamira e Marabá. Os interessados devem acessar o site da entidade (https://www.prosaude.org.br), clicar no menu “Trabalhe Conosco” e cadastrar o currículo.

Em Belém, o Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), está com processo seletivo aberto para as vagas de Técnico de Enfermagem, Enfermeiro, Copeiro Hospitalar, Auxiliar de Higiene e Limpeza e Auxiliar de Jardinagem. As vagas são destinadas, também, para Pessoas com Deficiência (PCD).

No Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua, a vaga é para Médico Vascular. Para se se candidatar é necessário ter ensino superior completo, pós-graduação na área e sólida experiência. Vivência na área hospitalar é um diferencial. A carga horária é de 80h e a vaga também é destinada para PCD.

Já no Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira, a oportunidade é para o cargo de enfermeiro Jr. Para concorrer, é necessário ensino superior completo em Enfermagem, registro no conselho de classe e experiência anterior.

Já as vagas disponíveis na cidade de Marabá são para atuação no Hospital Regional do Sudeste do Pará Dr. Geraldo Veloso (HRSP), para os cargos de Supervisor de Manutenção, Recepcionista, Jovem Aprendiz, Auxiliar Same, Escriturário Hospitalar, Auxiliar de Farmácia, Farmacêutico, Auxiliar de Higienização, Técnico de Enfermagem, Técnico em Informática e Enfermeiro.

Para mais informações sobre as vagas e conclusão do processo de inscrição, os candidatos devem realizar o cadastro no Portal VAGAS (www.vagas.com.br), plataforma externa reconhecida no mercado e que proporciona transparência ao processo.

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil.

Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 24 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

Juntos, os dez hospitais públicos e privados, gerenciados pela Pró-Saúde no Estado do Pará, realizaram em 2019 mais de 3,3 milhões de atendimentos de saúde. O número engloba desde consultas e exames de diagnóstico, até quimioterapias e transplantes, realizados de janeiro a dezembro. Além do número expressivo de atendimentos realizados, as unidades alcançaram também um alto índice de aprovação dos usuários, que no ano passado foi de, em média, 96,8%.

As práticas assistenciais de excelência e a qualidade do atendimento oferecido aos pacientes e clientes foi atestada com a obtenção de prêmios e certificações.

Com foco em reforço da segurança, reunião define últimos detalhes do carnaval 2020 em Canaã

Garantir que os foliões de Canaã dos Carajás possam curtir a programação de Carnaval deste ano com conforto e segurança. Com esse objetivo, a prefeitura realizou, na manhã desta quarta-feira (18), uma reunião para definir os últimos detalhes da festa, que vai de sábado (22) a terça-feira (25), na estrutura montada ao lado do Bosque Gonzaguinha.

Participaram do encontro representantes das secretarias de Saúde, Desenvolvimento Econômico, Obras, Trânsito e Transporte, Desenvolvimento Social, do Código de Posturas, além de representantes da Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

Para garantir total segurança aos foliões, a estrutura ao redor do espaço em que será realizada a festa será toda fechada. Com isso, haverá apenas uma entrada, por um pórtico, ao lado da entrada principal do Bosque Gonzaguinha. No local, os participantes passarão por revista, com detector de metais. A prefeitura pediu apoio no efetivo para a Polícia Militar, e a festa também contará com vigilância de uma empresa de segurança privada.

Vale destacar que não será permitida e entrada de menores de 16 anos desacompanhados dos pais ou responsáveis. A fiscalização será feita pelo Conselho Tutelar, que estará presente. Também não será permitida a entrada no local, e nem a comercialização, de bebida em recipientes de vidro.

Para eventuais ocorrências, a prefeitura terá uma central da Secretaria Municipal de Saúde no local, com uma ambulância e uma equipe especializada em primeiros socorros. No caso em que houver necessidade, o paciente pode ser rapidamente encaminhado ao Hospital Municipal Daniel Gonçalves.

 Programação

A programação do Carnaval 2020 em Canaã, o Carnaã, começa no sábado, 22, com show da banda Forró do Muído, a partir das 20h. No dia 23 (domingo), a programação começa mais cedo, às 17h e segue durante a noite, com bandas locais e regionais. No dia 24, o show será com a banda Os Barões da Pisadinha. No dia 25, encerrando a festa, será a vez da apresentação de Fabrícia e Banda.

Confira as ofertas de emprego desta terça-feira (18) em Parauapebas

Você que é Cobrador, Cozinheiro ou Encarregado de Mecânica ou Andâime: tem vaga disponível para você no Sine, nesta terça-feira, 17.

Para se candidatar às vagas, baixe em seu celular o aplicativo Sine Fácil ou procure o Sine, que está localizado na rua 11, entre as ruas E e D – Cidade Nova. O horário de atendimento é das 8h às 14h. Clique aqui  e confira as vagas todas as vagas disponíveis hoje.

Escritora parauapebense conquista espaço na literatura nacional

Tudo começou como um meio de escapar da rotina pesada após se tornar mãe, contudo a vontade de criar cada vez mais histórias fez com que a empresária Crys Carvalho, 29, se apaixonasse completamente pelo ofício da escrita e conquistasse leitores pelo Brasil a fora publicando através de plataformas digitais.

Inspirada pelos autores Best Sellers internacionais Nicholas Sparks e Lauren Kate, em 2014, começou a escrever e postar um romance chamado O tempo não apaga em uma plataforma gratuita chamada Wattpad, após algumas pausas retornou definitivamente em 2016 e de lá para cá nunca mais parou.

Os livros trazem temas interessantes para discussão como: deficiência física, empoderamento feminino, relacionamentos familiares entre outros.

Hoje a autora conta com um público fiel que aguarda ansiosamente seus próximos lançamentos, alcançou a incrível marca de dois milhões de leituras on-line, mais de vinte nove mil e-books baixados na Amazon e 300 livros físicos vendidos de forma independente, divulgando apenas através das suas redes sociais.

“Adoro fazer com que meus leitores reflitam sobre suas reações diante dos problemas da vida através dos meus personagens.” Diz Crys, que não esconde o orgulho ao falar sobre suas conquistas.

As obras digitais podem ser adquiridas diretamente no site da Amazon, para mais informações entre em contato com a autora através de suas redes sociais.

Governo assina decreto e institui Força Estadual de Combate ao Desmatamento no Pará

O governador Helder Barbalho assinou, na manhã desta segunda-feira (17), no Palácio do Governo, o decreto que institui a Força Estadual de Combate ao Desmatamento no Estado do Pará, sob a coordenação da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas). A criação da Força Estadual faz parte da macroestratégia “Amazônia Agora”, para desenvolver iniciativas que reduzem as taxas de desmatamento ilegal no Pará.

Além da Semas, são integrantes da Força Estadual de Combate ao Desmatamento o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio), Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Polícia Civil. Todos trabalharão para atuar no planejamento e monitoramento das ações governamentais emergenciais para o enfrentamento do desmatamento.

Segundo Helder Barbalho, mais de R$ 90 milhões serão investidos em recursos para serem utilizados na Força Estadual, dinheiro oriundo da operação Lava Jato, em que por decisão do ministro do STF, Alexandre de Moraes, poderão ser usados para o combate ao desmatamento no Pará.

Helder Barbalho, governador do Pará

“Nós estamos ampliando em 1.000% o número de membros do governo que estarão focados em combater o desmatamento ilegal e isto reforça a estratégia do estado do Pará de não aceitar a ilegalidade”, enfatizou o governador.

Visando a ampla discussão desta política pública, o setor produtivo, como a Federação das Indústrias do Pará (Fiepa) e ONGs também acompanharam a cerimônia de assinatura do decreto.

“Vamos fazer com o que o Estado possa virar a chave desse cenário. Esse ato não representa apenas fiscalização, repressão, comando e controle. Representa outros pilares que buscam oferecer ao setor produtivo, por exemplo, produção com responsabilidade”, destacou o secretário de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Mauro Ó de Almeida, explicando as estratégias da Força Estadual.

Mauro Ó de Almeida, secretário de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade

O procurador do Ministério Público Federal, Alan Mansur, falou sobre a importância da construção da Força Estadual como ferramenta inteligente para diminuir os índices de desmatamento na Amazônia. “Acredito que é um momento importante, que reforça a mensagem de que ilegalidade não deve ser tolerada no combate ao desmatamento. Este ato demonstra que o governo do Estado encaminha essa mensagem positiva, de que o desmatamento deve ser combatido e o setor produtivo legal deve ser apoiado”, ressaltou.

Deixe seu comentário