Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Seel dá continuidade ao treinamento de futebol em Canaã do Carajás

A Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) segue com o curso para instrutores de futebol de campo, dessa vez no município de Canaã dos Carajás, sudeste do Pará. Ao todo, 30 alunos foram matriculados no treinamento que aborda os fundamentos, táticas e técnicas do futebol, associado aos protocolos de prevenção contra a Covid-19. A capacitação teve início nesta quarta-feira (9), no Centro de Formação Rute Sampaio, e segue até o próximo sábado (12).

Treinar profissionais que desejam atuar no futebol como instrutores e proporcionar o desenvolvimento de suas carreiras são os objetivos da iniciativa. “Estamos conseguindo realizar um ótimo trabalho em levar o curso para essas localidades, onde contribui com o crescimento de todos e faz com que o esporte se fortaleça na cidade”, frisou Arlindo Silva, secretário de Esporte e Lazer.

No primeiro dia de aula, a instrutora Rayssa Talino, integrante do projeto Gol do Brasil, da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), repassou aos participantes a importância de desenvolver habilidades de vida, como o autoconhecimento, tópico eficaz para um bom desempenho dos profissionais que irão atuar em diferentes faixas etárias.

“Trabalhar com crianças e adolescentes me trouxe uma espécie de autoconhecimento, que me ajudou a reduzir o excesso de estresse e, na aula, aprendi a adquirir formas de resolver situações da melhor maneira possível”, conta o participante Rone Cardoso.

Canaã dos Carajás foi o quinto município a receber o curso para instrutores de futebol de campo, do projeto Gol do Brasil. Anteriormente, as cidades de Água Azul do Norte, Muaná, Pacajá e Curuçá foram contempladas.

Na região dos Carajás, Detran orienta condutores sobre segurança no trânsito

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) deu a largada ao Projeto Educação de Trânsito por Todo o Pará, na Região de Integração dos Carajás, na quarta-feira (9). O objetivo é orientar e conscientizar a população das 12 regiões sobre as medidas que precisam ser adotadas para evitar acidentes.

A equipe de educação no trânsito do órgão esteve na PA-405, principal via de entrada e saída do município de São João do Araguaia. A sede da cidade é pequena, porém recebe um número considerável de moradores de áreas rurais.

Ao fazer a abordagem, os agentes observam a realidade e a cultura do condutor local. “A gente observou até o momento que as pessoas não têm acesso a informações adequadas de como fazer a condução correta do veículo e dos passageiros. Fatores de risco, como não uso do capacete e do cinto de segurança, transporte irregular de pessoas, a não firmação do calçado no pé são as irregularidades mais observadas no município”, explica João Veiga, analista de trânsito do Detran e coordenador do projeto na Região dos Carajás.

Carlos Resplandes mora em São João do Araguaia e elogiou o trabalho realizado pelo Detran. “A população carece dessas orientações, até porque aqui a gente vê muita gente dirigindo de todo jeito, desrespeitando as leis de trânsito, então é uma ação que precisa acontecer o tempo todo”, comentou.

Carlos Resplandes aprovou a iniciativa do Detran  |  Foto: Alex Ribeiro / Ag.Pará

A dona de casa Maria Conceição da Silva estava de capacete no momento em que foi abordada. No entanto, a amiga que ia na garupa da motocicleta não utilizava o equipamento de segurança. Após receber orientações dos agentes de educação, a passageira desceu do veículo e pegou um ônibus para chegar ao seu destino.

 

Já o motociclista José Marcos Ferreira trafegava de capacete e com a moto regularizada. “Ainda não tinha visto uma ação desse jeito. Acho que a população estranha um pouco, mas quando a gente percebe que é pra orientar e pra salvar vidas, com certeza achamos bom”, avalia o morador.

O Projeto Educação de Trânsito por Todo o Pará continua até novembro, abrangendo 64 municípios. O projeto será lançado oficialmente durante a Semana Nacional de Trânsito, que ocorre de 18 a 25 de Setembro. Este ano, a campanha tem como tema “Perceba o risco, proteja a vida”.

Governo do Pará fortalece empregabilidade com a criação do Fundo do Trabalho

O Governo do Pará instituiu, na terça-feira (8), a criação do Fundo Estadual do Trabalho, com a finalidade de destinar recursos para execução dos serviços da política pública de trabalho, emprego e renda.

O Fundo Estadual do Trabalho poderá receber recursos do tesouro do estado, multas provenientes de sentenças judiciais, juros de mora, convênio financeiro com entidades públicas nacionais e internacionais, recursos de emendas parlamentares e doações legais de qualquer natureza.

Assim, a Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), com a supervisão do Conselho Estadual do Trabalho (Ceterpa), ampliará o funcionamento do Sistema Nacional de Emprego (Sine) em território paraense, já que o o fundo arrecadará recursos para fortalecer ações como aquisição de equipamentos, realização de treinamentos, capacitação e qualificação profissional de trabalhadores e trabalhadoras.

Para o titular da Seaster, Inocencio Gasparim, o Fundo vai permitir que estado do Pará tenha uma política completa de trabalho, emprego e renda.

“A partir da aprovação da Assembleia Legislativa do Pará e da homologação do governador do Estado, conseguimos estruturar o arcabouço dessa política pública. Ao fazermos isso, nós habilitamos o Estado, depois de quase 10 anos, a buscar recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador que, há algum tempo, o Pará não conseguia acessar. Vamos também aumentar as ações de geração de trabalho, com as estruturas dos postos dos Sine em todo o Estado” – Inocencio Gasparim,titular da Seaster.

Cooperação – O Fundo Estadual do Trabalho poderá realizar cooperação financeira com os fundos municipais, desde que haja disponibilidade de recurso. A Seaster poderá continuar a cooperação técnica com as cidades, como já era feito anteriormente, por meio de assessoramento, orientação e formação dos técnicos que atuam nos postos do Sine espalhados por todas as regiões do Pará.

Encontro Municipal consolida aliança entre Avante e PMB em Parauapebas

Marcelo Catalão, pré-candidato a prefeito de Parauapebas pelo Avante, e sua pré-candidata a vice, Meire Vaz, do Partido da Mulher Brasileira (PMB), promoveram na noite da última quarta-feira, 9, o 1º Encontro Municipal dos partidos, consolidando a aliança das siglas na cidade do sudeste paraense e reafirmando suas pré-candidaturas.

O evento realizado no Bairro da Paz contou com a presença de centenas de pessoas. Aberta ao público, a reunião teve como objetivo reunir lideranças locais e nacionais dos partidos para discutir os rumos políticos, sociais e econômicos do município.

Na ocasião, Catalão lamentou que a cidade de Parauapebas conviva há tantos anos com escândalos de corrupção, citando o mais recente afastamento do secretário de educação do município, divulgada na última terça-feira, 9, após uma ação do Ministério Público Federal. “Em um momento tão difícil que a gente vive com a pandemia, ainda temos que lidar com corrupção. Isso me entristece. Porque a corrupção tira sonhos, vidas e o desejo de melhorar a nossa cidade”, declarou.

Meire Vaz, aproveitou o momento para contar ao povo sobre seu retorno ao cenário político. “Durante esses últimos anos, estive cuidando da minha família e de meus afazeres, mas sempre olhando para fora e notando as necessidades do povo de Parauapebas. Por vezes, fiquei triste ao ver o que estava acontecendo com a cidade que ajudei a construir, quando vice-prefeita em 93 e 2000. Até que chegou no ponto em que falei aos meus familiares que não dava mais para ficar quieta. Se a gente quer mudança, a gente tem que lutar. E é isso que estou fazendo”, contou emocionada.

Lideranças partidárias
Lideranças estaduais e nacionais dos partidos estiveram presentes no Encontro, comentando o cenário político da cidade e se pronunciando acerca da pré-candidatura de Catalão e Meire, como Zezinho Lima, presidente estadual do Avante. Em sua fala, ele pontuou que a pré-campanha de Catalão não é um projeto de empresários ou tão somente de partidos políticos, mas sim, do povo e para o povo de Parauapebas. “Por isso, devemos lembrar que temos três opções: continuar como está, voltar para o passado ou ir para o futuro, e o futuro de Parauapebas se chama Marcelo Catalão e Meire Vaz”, afirmou.

A deputada federal pelo Avante, Leda Sadala (AP), também se manifestou na reunião, destacando que a política deve estar a serviço do povo. “Só é possível transformar a vida das pessoas por meio da política. Mas não adianta entrar na política para beneficiar os interesses pessoais. Eu conheço essa cidade há muitos anos, acompanho a prática dos que estão aí. Mas agora existe uma opção, essa aliança do bem: Avante e PMB”, declarou.

O vice-presidente estadual do Avante, Fabiano Coelho, mais conhecido como Fabico, comentou sobre o potencial de crescimento econômico que a cidade de Parauapebas tem. Para ele, se usado com honestidade e compromisso, a sociedade só tem a ganhar. “Sem corrupção, a cidade vai ficar muito melhor, vai sobrar mais recursos para todas as áreas, ou seja, a vida melhora”, contou.

Outra líder partidária que se fez presente e tratou da importância da boa política para a sociedade, foi Henriette Barros, presidente estadual do PMB. “Eu acredito que política é a arte do bem comum, é vislumbrar para o povo, para quem precisa, para a cidade”, falou. O secretário estadual do Avante do Pará, Arthur Houat, concordou dizendo que política deve ser feita com propósito. “O nosso propósito é melhorar a vida do nosso povo de Parauapebas”, finalizou.

Quem é Marcelo Catalão
Nascido na cidade de Catalão em Goiás, Marcelo já mora em Parauapebas há 34 anos. Vindo de uma família humilde, ele já foi vendedor de picolé, verduras e engraxate quando era criança. Na juventude, participou do movimento pela emancipação da cidade e hoje, com 43 anos de idade, responde por todos os negócios da família, gerando empregos diretos e indiretos no setor do agronegócio na região.

Em 2005, ele foi convidado para assumir a secretaria da Fazenda Municipal, fazendo um trabalho de gestão pública eficiente, colaborando para o crescimento do município. Posteriormente, tornou-se presidente de um dos maiores sindicatos de produtores rurais do Pará, o Siproduz, ampliando a capacidade de produção e venda de bovinos.
Apaixonado pelo município e pensando no crescimento da região, liderou o movimento em prol da criação do Estado do Carajás. Em 2014, disputou o cargo de deputado federal, com interesse em defender e representar o povo de Parauapebas, ficando como suplemente, sendo o candidato mais votado da cidade e microrregião do Carajás.

Em 2016, após vários pedidos de amigos, sindicatos e empresários, Marcelo participou do pleito municipal. Hoje, com mais apoiadores e com o povo ao seu lado, ele é pré-candidato a prefeito e, após a homologação de sua candidatura, seguirá determinado a vencer e acabar de vez com o monopólio dos grupos que comandam a cidade há anos.

Quem é Meire Vaz
Esposa, mãe e pastora com experiência comprovada no desenvolvimento social, Meire conhece os problemas de Parauapebas. Pioneira da cidade e moradora da capital do minério desde 1983, ela já ocupou o cargo de vice-prefeita em dois mandatos em 1993 e 2000.

Em 93, o principal projeto de governo de Meire e o prefeito Chico foi o saneamento do município, algo que não existia até aquele momento. A cidade, que tinha pouco mais de cinco mil habitantes, recebeu um projeto que atenderia até 30 mil pessoas com saneamento básico adequado. O projeto foi essencial para atender a demanda do município que não parava de crescer.

Já em 2005, ao lado de Bel Mesquita, a participação de Meire Vaz foi ainda mais ampliada, pois foi encarregada de dirigir a Secretaria de Assistência Social. Como secretária, ela encabeçou vários projetos sociais.
Hoje, 16 anos depois de se afastar da política, Meire está decidida a voltar a servir a sociedade parauapebense, na certeza de que sua liderança, ao lado de Marcelo Catalão, tem o poder de transformar o município.

Desempregado? Confira as ofertas de emprego para hoje em Parauapebas

Para se candidatar, baixe em seu celular o aplicativo Sine Fácil ou procure o Sine, localizado na rua 11, entre as ruas D e E, Cidade Nova. O horário de atendimento é das 8h às 14h. Para conferir as vagas de hoje, clique ao lado: PAINEL DE VAGA 10-10

Deixe seu comentário