Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Academia comemora seis anos de fundação com posse de novos membros e lançamento de livro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Waldyr Silva – Escritor e membro da Academia Parauapebense de Letras

Fundada em 16 de setembro de 2014, a Academia Parauapebense de Letras (APL) comemorou, na noite desta terça-feira (15), no auditório da Câmara Municipal de Parauapebas, seis anos de atuação no município, com a posse de seis novos membros efetivos para ocupar cadeiras na instituição e o lançamento de um livro.

A mesa da cerimônia foi coordenada pelo presidente interino da APL Josivaldo Lima Rodrigues (cadeira nº 4 e patrono Patativa do Assaré) e composta pelos demais membros Paulo da Silva Reis (cadeira nº 1 e patrono Gonçalves Dias), Terezinha Rita Guimarães Lima (cadeira nº 2 e patrono Paulo Freire), Waldyr Pereira Silva (cadeira nº 3 e patrono Manuel Bandeira), Rubens Motta Moraes Júnior, presidente licenciado da APL (cadeira nº 5 e patrono Benedito Nunes), Rosa Ibiapina Cavalcante Barros (cadeira nº 7 e patrono Fontes Ibiapina), Miguel Ângelo Braga Reis (cadeira nº 12 e patrono Guimarães Rosa), Avone José Araújo (cadeira nº 13 e patrono Graciliano Ramos) e Sabrina Medeiros Oliveira (cadeira nº 14 e patrona Cora Coralina).


Os novos acadêmicos que tomaram posse na instituição são Ana Gláucia Bentes de Souza (cadeira nº 15 e patrono Max Martins), Clívia Regina da Silva Uhe (cadeira nº 16 e patrono Antônio Cândido), Michelly Cristina da Silva Carvalho (cadeira nº 18 e patrono José de Alencar), Olinto Campos Vieira (cadeira nº 19 e patrono Ledo Ivo) e Rafael Leal Rodrigues (cadeira nº 20 e patrono Silvio Augusto de Bastos Meira). Por motivo de doença, Ivanildo Ferreira de Oliveira (cadeira nº 17 e patrono Augusto dos Anjos) não pôde comparecer à cerimônia para tomar posse.

Após serem empossados, fazerem juramento e receberem diploma, Ana Gláucia, Clívia Regina, Michelly Cristina, Olinto Vieira e Rafael Leal usaram a tribuna para falar de seus respectivos patronos e agradecer a oportunidade de ingressar numa tão importante confraria como a Academia Parauapebense de Letras.

Em seguida, o mestre de cerimônia convidou o jornalista e imortal Waldyr Silva para fazer o lançamento de sua primeira obra, intitulada “Crônicas Póstumas de PC Reis”, uma coletânea de crônicas deixadas pelo saudoso cronista Pedro Cláudio de Moura Reis, conhecido por PC Reis, que faleceu em 2011.

 

O escritor aproveitou para agradecer ao apoio recebido de sua família; dos vereadores Maridé Gomes e Joelma Leite; dos filhos de PC Reis, oftalmologistas Miguel e Hipólito Reis, e do então secretário municipal de Educação, Luiz Vieira, que contribuíram com a impressão do livro na editora.

Após a cerimônia, o novo escritor Waldyr Silva promoveu sessão de autógrafos e ofereceu salgados e refrigerantes às pessoas que prestigiaram o evento.

Publicidade

Veja
Também