Academia Parauapebense de Letras celebra 7 anos de história

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Desde a sua fundação, em 2014, a Academia Parauapebense de Letras (APL) tem conquistado seu espaço e alcançado reconhecimento e prestígio da população de Parauapebas. A APL também ganhou forças durante esses 7 anos com a passagem e atuação de vários escritores, publicação de livros e participação em eventos municipais e internacionais.

A tarefa árdua de fomentar a literatura no município tem sido executada com excelência por esses escritores que não têm medido esforços para colaborar de forma significativa com o desenvolvimento da cultura literária no município. Nesse momento de celebração e resgate da trajetória da classe, a escritora e presidente da APL, Terezinha Guimarães, agradeceu aos confrades e confreiras pelo trabalho prestado à comunidade.


“Já foram várias obras publicadas, já realizamos e participamos de vários eventos como sessões públicas, saraus literários, rodas de conversas. Lançamos recentemente um e-book de poesias com a participação de vários escritores, participamos da Pan-Amazônica, ExpoArte. Então, a Academia vem desenvolvendo sua política de atuação, provocando a arte do saber por meio da cultura literária. As políticas públicas vêm para atender os processos culturais em seus segmentos e a gente se inclui neles”, disse Terezinha.

O prefeito de Parauapebas, Darci Lemen, parabeniza e reforça a importância da instituição. “Parabenizamos os membros da Academia Parauapebense de Letras e todos que já ocuparam a cadeira dessa importante instituição. O trabalho desenvolvido pela APL é extraordinário. Sabemos da importância da literatura na vida das pessoas e nossos escritores têm desempenhado um belíssimo papel na sociedade. Eles merecem nossos aplausos, respeito e reconhecimento”, declarou o prefeito.

Celebração dos 7 anos

No próximo sábado, 18, a partir das 18h30, a Academia Parauapebense de Letras vai celebrar o sétimo aniversário da instituição, na Praça Mahatma Gandhi, com participação do cantor Vamberto Oliveira.

veja também