Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Acidente envolvendo dois caminhões na PA-275 mata uma pessoa e outra vai para o hospital

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Mais uma vez a rodovia PA-275 faz uma vítima fatal. Na manhã desta segunda-feira (6), dois caminhões, sendo um que estava carregado de frutas e verduras e outro que transportava vasilhames de água mineral se chocaram bruscamente.

Um dos caminhões estava seguindo no sentido Parauapebas / Curionópolis e o outro no sentido contrário. De acordo com as informações chegadas à equipe de reportagem do Portal Pebinha de Açúcar o motorista de um dos caminhões, identificado por Carlos Modesto Vidal, de 30 anos de idade, acabou morrendo no local do acidente, cerca de 20 KM de Parauapebas, já o condutor do outro veículo, Leandro dos Santos Valente, foi encaminhado ao Hospital Municipal de Parauapebas e o seu estado de saúde é grave.


Um terceiro caminhão também se envolveu no acidente. O motorista para evitar o pior, desviou bruscamente o veículo e acabou caindo em uma ribanceira.

Imprudência

Basta percorrer os mais de 60 KM da PA-275 que ligam os municípios de Parauapebas a Eldorado do Carajás que é comum observar a imprudência praticada por vários condutores de veículos que trafegam pela rodovia diariamente. Ultrapassagens irregulares e excesso de velocidade são as infrações mais comuns que aumentam as chances de acidentes na rodovia que por ano vitima vários condutores.

Rodovia sem acostamento

A Rodovia PA-275 é uma das principais do Pará, tendo em vista que dá acesso aos dois municípios mais ricos da região, Marabá e Parauapebas, que contam com projetos minerais e com empresas de grande porte que usam a rodovia para recebimento e envio de cargas de grande porte.
A PA-275 se torna bastante perigosa pelo fato de não contar com acostamento. Recentemente a via passou por reformas, porém o Governo do Estado não construiu acostamentos, o que vem aumentando cada vez mais o índice de acidentes fatais.

Reportagem: Bariloche Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar
Fotos: Enviadas via WhatsApp

Publicidade

Veja
Também