Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Advogados sofrem ameaça no sul do Pará

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Após ter sido ameaçado de morte por um reclamado que está sofrendo execução trabalhista, o Conselheiro Cicero Sales acionou o Sistema de Prerrogativas e todos os representantes do sistema Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) na região sul e sudeste do Pará.

A vítima de ameaça é a advogada Dayanne Sousa de Moraes, que recebe apoio de seus colegas de direito, ao todo de mais de 30 advogados estiveram reunidos em Xinguara, com o objetivo de coibir a ameaça sofrida.


O caso parecia ser apenas mais um de tantos que a advogada tem defendido. Porém, depois de uma audiência de pedido de indenização trabalhista sem conseguir chegar a acordo entre o reclamante (José Roberto Santos de Sousa) e o reclamado (Milton Ribeiro de Oliveira), o escritório de Dayanne foi visitado pelo patrão denunciado que lhe fez grave ameaça.

Quem esteve no escritório de Dayanne foi Milton Ribeiro, ex-patrão do cliente, representado por ela, José Roberto. “Pensei que tratasse de uma visita comum e que trouxesse alguma proposta, já que na audiência ele propôs pagar apenas um terço do valor pedido por meu cliente”, explicou a advogada, se dizendo surpresa ao ouvir dele que seria melhor que esquecesse o valor, pois, do contrário, não ficaria bem para ninguém.

Além disto, Milton se pôs a reclamar pontos do processo, o que foi explicado pela advogada que seria melhor falar com seu advogado já que o caso já está tramitando. Segundo a advogada, ela disse a Milton que não estava entendo onde ele queria chegar; sendo interpelada por ele, afirmando que estava ali conversando por não querer partir para a ignorância, reafirmando que aquilo não terminaria bom nem para ele nem para os outros.

Após o ameaçador deixar o escritório de advocacia, Dayanne acionou a OAB/Seção Pará, que dispôs prontamente de apoio a ela para que registrasse na Polícia Civil o caso e busque apoio da justiça.

José Cícero Sales da Silva, também atua no caso e trabalha no mesmo escritório dom Dayanne; ele diz também se sentir ameaçado, por isso também registrou ocorrência para ter embasamento junto à justiça e se prevenir contra eventuais acontecimentos.

A OAB dispôs de advogados membros da Comissão de Prerrogativas, sendo eles: Anderson Paulo de Oliveira Gomes, Leonardo José Gualberto Almeida, Carlos Eduardo Teixeira Chaves; e o advogado Conselheiro Seccional da OAB/PA, Rone Messias da Silva.

Publicidade

Veja
Também