Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Ambulância do Corpo de Bombeiros se envolve em acidente no Bairro da Paz

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Durante o começo da tarde desta terça-feira (14), uma ambulância do Corpo de Bombeiros de Parauapebas, estava se deslocando para atender uma ocorrência de emergência, porém, teve o seu roteiro interrompido por conta de um acidente de trânsito.

Era por volta das 13h10 quando a ambulância do Corpo de Bombeiros acabou se chocando com um veículo Voyage de cor prata e placas OTC-4429. Felizmente nem os militares que estavam na viatura, tampouco o condutor do carro de passeio se machucaram.


O acidente foi registrado no Bairro da Paz, mais precisamente no cruzamento das ruas Clara Nunes com a Marabá.

A equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar tentou gravar entrevista com o Sargento Rosivaldo, do Corpo de Bombeiros, porém, o mesmo alegou que naquele momento não tinha permissão para gravar entrevistas. Quem também foi procurado, foi o condutor do veículo Voyage, porém, o mesmo não foi encontrado.

O que dia a Lei:

Artigo 29 Inciso VII do CTB – os veículos destinados a socorro de incêndio e salvamento, os de polícia, os de fiscalização e operação de trânsito e as ambulâncias, além de prioridade de trânsito, gozam de livre circulação, estacionamento e parada, quando em serviço de urgência e devidamente identificados por dispositivos regulamentares de alarme sonoro e iluminação vermelha intermitente, observadas as seguintes disposições:
a) quando os dispositivos estiverem acionados, indicando a proximidade dos veículos, todos os condutores deverão deixar livre a passagem pela faixa da esquerda, indo para a direita da via e parando, se necessário;
b) os pedestres, ao ouvir o alarme sonoro, deverão aguardar no passeio, só atravessando a via quando o veículo já tiver passado pelo local;
c) o uso de dispositivos de alarme sonoro e de iluminação vermelha intermitente só poderá ocorrer quando da efetiva prestação de serviço de urgência;
d) a prioridade de passagem na via e no cruzamento deverá se dar com velocidade reduzida e com os devidos cuidados de segurança, obedecidas as demais normas deste Código;

Publicidade

Veja
Também