Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Andarilho de Parauapebas é encontrado no Mato Grosso do Sul

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A equipe foi acionada pela CCR MS Vias, pois o andarilho estava andando às margens da rodovia, próximo à praça de pedágio do quilômetro 603 da BR-163 e, algumas vezes sobre a faixa de rolamento, colocando-se em risco e também os demais usuários da BR-163. Rapidamente a equipe PRF deslocou-se até o local e encontraram com Antonio José Souza do Nascimento, que após entrevista, os policiais perceberam que ele estava muito debilitado e confuso.

Com os dados fornecidos por Nascimento, os PRFs Moraes II e Luiz Silveira realizaram pesquisas no sistema de segurança e constataram que ele é morador de Parauapebas (PA). Ele não portava documentos e nem bagagem.


Com a intenção de ajudar Nascimento, os PRFs encaminharam o mesmo para a Associação dos Leigos Acolhedores de Cristo – Casa de Apoio ao Migrante (Alac), onde foi entregue ao cuidador Geiser Pereira Romanosqui, que recebeu e informou que Nascimento receberia os primeiros cuidados ainda naquela noite e, no dia seguinte teria seu caso analisado pela Assistente Social da Alac para adotados os procedimentos que a situação exige.

Moraes II e Luiz Silveira retornaram momentos depois a Alac e encontraram Nascimento já tomado banho e alimentado. “Retornei lá depois de meia hora para encaminhar documentos e ele já estava cuidado. Muito bom o atendimento do cuidador Geiser Pereira, bom trabalho do pessoal da Casa de Apoio, me surpreendeu o atendimento lá. Temos tantas notícias de descaso com o ser humano que esse comportamento deve ser exaltado”, parabenizou o PRF, Luiz Silveira.

Nossa equipe entrou em contato com a Alac na manhã desta quinta-feira (11), para obter maiores informações sobre Nascimento, e fomos informados pela coordenadora da Alac Soraia Aparecida Chrun Silva e pela Assistente Social, Altamira Pereira da Silva, que o mesmo já havia sido encaminhado para sua residência em Parauapebas (PA).

Altamira relatou que Nascimento não revelou o motivo de estar fora de sua residência, apenas disse que queria voltar para casa. Ele recebeu alimentação, banho e roupas.

A assistente social revela ainda que o andarilho estava confuso quando chegou a Alac, provavelmente pela falta de alimentação.

Através de uma ação junto ao Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Nascimento embarcou nesta manhã para Coxim, onde no Creas daquele município, receberá outra passagem para seguir viagem, passando pelos centros até chegar em sua residência.

Antes de seguir viagem, Nascimento foi devidamente orientado pela assistente social Altamira a pedir as passagens nos Creas e não ficar nas rodovias.

idest06886120160211151555002

Reportagem: idest.com.br

Publicidade

Veja
Também