Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Antônio Marcos, um jornalista apaixonado pela profissão

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O jornalista Antônio Marcos dos Santos, que faleceu na noite deste sábado (4) e no próximo dia 11 completaria 42 anos de idade, era um apaixonado pela comunicação. Como um dos primeiros comunicadores de Parauapebas, ele deixa boas lembranças e um jeito alegre de enxergar a vida.

Antônio Marcos começou a se apaixonar pelo jornalismo em 1995, quando ele foi contratado para prestar serviços de datilografia na Assessoria de Comunicação (Ascom) da Prefeitura de Parauapebas, na gestão do então prefeito Chico das Cortinas.


Segundo revelação de colegas, naquela época ele começou a se aproximar da equipe de produção, teve a oportunidade de fazer reportagens e entrevistas, e passou a pegar o jeito do trabalho na comunicação, oportunidade em que começou a receber treinamento para iniciar na profissão.

Daí para frente, Antônio Marcos tomou gosto pela coisa e começou a prestar serviços como repórter no jornal impresso semanal “Movimento Regional”, de propriedade do empresário gráfico Sérgio Balduino de Carvalho, atual vice-prefeito de Parauapebas.

Depois do “Movimento Regional”, ele passou uma boa temporada na TV Record, do empresário Welney Lopes de Carvalho, em Parauapebas, e após numa emissora de TV de Palmas (TO), afiliada do SBT.

Retornando a Parauapebas, o repórter foi contratado pela Band, na época dirigida por Cláudio Feitosa, quando se consolidou na carreira de repórter de televisão.

No ano passado, ele fez parte da equipe do programa Barra Pesada, exibido pela RBATV, e atualmente atuava no SBT, onde foi repórter e diretor de jornalismo, e na Assessoria de Comunicação (Ascom) da Prefeitura de Parauapebas, coincidentemente, onde toda a sua história com o jornalismo começou.

A morte do repórter deixa bastante consternada toda a categoria de comunicadores, que tinham um grande apreço pelo colega.
Antônio Marcos passou mal em um bar, vomitou bastante e acabou caindo  e batendo a cabeça no asfalto. Quando foi socorrido, já estava com batimento cardíaco fraco, momento em que foi removido em ambulância do Corpo de Bombeiros para o Hospital Municipal de Parauapebas, onde foi constatado o óbito. Segundo o laudo do IML, a morte está ligada a um traumatismo craniano e hemorragia interna provenientes da queda.
O corpo de Antônio Marcos está sendo velado na Câmara Municipal de Parauapebas, de onde sairá para sepultamento às 9h30 desta segunda-feira (6).

Publicidade

Veja
Também