Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Após dois anos estuprando a enteada de 11 anos, elemento é preso em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Ana Carolina – Delegada de Polícia

Se aproveitando da condição de padrasto, Gilson Rodrigues da Silva abusava sexualmente sua enteada, atualmente com 11 anos de idade. É o que apontam as investigações conduzidas pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Parauapebas (DEAM) e Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e ao Adolescente (DEACA).

De acordo com denunciantes a agressão vinha se repetindo desde quando ela tinha 9 anos de idade, através de atos libidinosos e depois praticou conjunção carnal, porém, só agora, dois anos depois, o caso foi denunciado, tendo como resultado a prisão preventiva do acusado, cujo mandato foi cumprido na tarde desta terça-feira (20), por policiais da DEAM/DEACA de Parauapebas.


De acordo com a Polícia Civil, o caso, ocorrido no Bairro Liberdade I, veio à tona quando se notou que a criança estava tendo um mau rendimento na escola, motivo que foi encaminhada ao psicólogo, a quem revelou os abusos sofridos.

O crime cometido por Gilson está previsto no art. 217-A do CPB – Código Penal Brasileiro, identificado como estupro de vulnerável. O indiciado está preso e à disposição da justiça.

Reportagem: Francesco Costa  |  Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também