Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Após queimar ponte de madeira, moradores pedem construção uma de concreto

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Uma ponte que, além de dar acesso a uma escola pública, é indispensável para a passagem da população. Trata-se da ponte que fica localizada no bairro Novo Brasil, que, apesar de estar em estado crítico, servia para transpor o Igarapé Guanabara.

Agora a ponte está sem condições de uso, já que foi queimada por populares. A alegação de moradores é que depois de vários pedidos para que a Secretaria Municipal de Obras de Parauapebas (Semob) fizesse a recuperação, decidiram tomar uma atitude dura, por não serem atendidos.


Mas nem todos concordam com o ocorrido e muitos dizem que se estava ruim com ela, agora está bem pior sem a ponte. “Antes, meus filhos vinham sozinhos para a escola, agora tenho que vir deixá-los. E isto toma tempo”, reclama a dona Cássia Alves, que mora no bairro Novo Brasil.

Outra reclamação é de quem mora em bairros como, por exemplo, o Residencial Amazônia, e precisa passar por ali para acessar outros bairros, ou mesmo quem mora no bairro Novo Brasil e precisa acessar o Cidade Jardim ou o Nova Carajás. “Agora precisamos dar uma volta grande para seguir o caminho”, conta Jairo Macedo, que todos os dias passava pela ponte que, agora, queimada, só é possível passar a pé.

 

A equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar entrou em contato com a Secretaria Municipal de Obras, através da Assessoria de Comunicação, e trará a resposta com a previsão e a medida que deverá ser tomada em relação ao problema. Mas os moradores dizem não esperar reforma, e sim a construção de uma ponte de concreto, já que aquela que atearam fogo é de madeira.

Reportagem: Francesco Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também