Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Após ser inaugurado, novo Hospital Municipal de Parauapebas terá custos de manutenção rateados por 4 municípios

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Com obras iniciadas na gestão do então prefeito Darci Lermen (PT) em 2007, o Hospital Municipal de Parauapebas já teve vários aditivos e mesmo sem nunca ter atendido nenhum paciente já foi gasto 50 milhões com sua estrutura. O projeto inicial previa que os gastos fossem de R$ 40 milhões.

A data de entrega estava prevista para 2012, mas quatro anos depois, suas portas nunca foram abertas para atendimento à comunidade. No final do ano passado, o Hospital ganhou mais um aditivo superior ao valor de 800 mil reais a serem aplicados na ampliação e conclusão do projeto.


O atual prefeito de Parauapebas, Valmir Mariano (PSD) já esteve visitando o hospital acompanhado de seu secretariado e vereadores da base aliada do governo algumas vezes. O gestor afirmou em entrevista durante uma dessas visitas, que hospital estaria completamente pronto ainda em 2015.

A equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar entrou em contato com a Assessoria de Comunicação (ASCOM) da Prefeitura de Parauapebas, que por meio de nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que o novo hospital será custeado por um consórcio a ser formado entre os municípios de Parauapebas, Canaã dos Carajás, Eldorado do Carajás e Curionópolis.

“Na proposta de rateio dos custos, os municípios participantes do consórcio se responsabilizam por 60% do custo total de manutenção e o Governo Estadual entra com 40%. O Governo Federal faz os repasses conforme a produção realizada pelo hospital, efetivando o pagamento de cada procedimento de acordo com a tabela SUS”, diz a nota.

A mesma nota justifica que os aditivos ao contrato inicial foram feitos por conta de alterações no projeto, mas não diz o número exatos deles.
Ainda de acordo com o documento, a obra está 90% concluída e com 70% dos equipamentos adquiridos, e que a meta da gestão é inaugurar no primeiro semestre desse ano. Mas também não divulgou a data exata da entrega.

Reportagem: Stéfani Ribeiro – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também