Atiradores invadem condomínio deixando rastros de morte e sangue em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Era por volta da 22h00 desta quinta-feira (9), quando o som dos disparos vieram do interior de um condomínio situado na Rua Ângela Diniz, no Bairro Guanabara, em Parauapebas; motivo para que populares acionassem, por telefone, uma guarnição da Polícia Militar que, de pronto, foi ao local.

De fato, havia ocorrido ali um homicídio, cujo óbito foi atestado pelo médico do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), tendo como vítima Mateus Valente Corrêa, 20 anos de idade.


 

O atirador desconhecido alvejou também Douglas de Sousa Valente, de 24 anos de idade e José Tiago Coelho da Silva, 29 anos de idade; ambos socorridos por populares que os levaram para o Pronto Socorro do Hospital Municipal de Parauapebas.

De acordo com informações prestadas por familiares das vítimas, os dois jovens compartilhavam apartamento e que Mateus Valente Corrêa, morto no local, era usuário de drogas. A única pista deixada pelo atirador, ainda não identificado, foi dada por populares que dizem terem visto dois indivíduos em uma moto de cor preta, utilizando máscaras de proteção facial, e que, após cumprir seu intento cruel, evadiram-se do local com destino ignorado.

As respostas  do crime deverão ser encontradas pela Polícia Civil de Parauapebas que instaurou inquérito para investigar o homicídio e a tentativa de homicídio.

veja também