Caminhoneiros são beneficiados com ação de saúde

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Parceira na realização do evento, a empresa disponibilizou o espaço necessário para que a equipe de saúde levasse os seguintes serviços: orientação e entrega de kit de higienização bucal; testes rápidos de HIV/Aids, Hepatite B e C; entrega de preservativos; vacinação; aferição de pressão; consulta com nutricionista; avaliação para identificação de hanseníase.

O caminhoneiro Adelson Alves dos Santos, de 45 anos, mora na Bahia e veio pela primeira vez a Parauapebas. Na opinião dele, ações como essa ajudam muito no cuidado com a saúde já que por conta da dinâmica do trabalho dificilmente vai a uma unidade de saúde. “Tenho um exame da coluna pronto há mais de um ano e nunca fui levar ao médico”, disse o caminhoneiro que aproveitou a oportunidade para averiguar umas manchas que estavam saindo em seu corpo.


Eva Dias de Oliveira, esposa de um caminhoneiro, tem a mesma opinião. “Meu marido atua nessa profissão e mora aqui em Parauapebas, ele não tem tempo de procurar a unidade de saúde do nosso bairro, por isso eu achei louvável essa iniciativa da Prefeitura de trazer a equipe até aqui. Aproveitei e trouxe a minha família toda”.

De acordo com Marcelo Monteiro, diretor da vigilância em saúde da Semsa, a partir de alguns dados levantados pelo departamento foi possível identificar a necessidade de uma atuação específica junto aos caminhoneiros, principalmente por conta da vulnerabilidade desse público com relação às doenças sexualmente transmissíveis. “Nossa intenção é realizar ações como essa pelo menos duas vezes por ano”, acrescentou Marcelo Monteiro.

Além do posto, a ação contou com apoio também da Fundação Integral e do vereador Major da Mactra. Profissionais das seguintes áreas atuaram no evento: Atenção Básica, inclusive da Unidade Básica de Saúde do Novo Brasil que fica nas proximidades de onde a programação ocorreu, do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), e das coordenações de Imunização, Hanseníase e Nutrição.

Reportagem: Karine Gomes
Fotos: Anderson Souza

Publicidade

veja também