Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Campanha em prol da saúde de Fernanda Castro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

“Olá, Meu nome é Fernanda Castro.

Tenho 27 anos de idade, sou natural da cidade de Gonçalves Dias (Maranhão) e cidadã Parauapebense há 25 anos.


Há 12 anos sou portadora de Artrite Reumatoide, uma doença incurável, cujos sintomas incluem inflamação de múltiplas articulações, tais como: mãos, punhos, cotovelos, joelhos, tornozelos, pés, ombros, coluna cervical e órgãos internos, como pulmões, coração e rins.

Sempre fui uma garota ativa! Praticava esportes até meus 15 anos, foi quando comecei a sentir fortes dores no corpo inteiro. Desde então, minha vida mudou, pois comecei a fazer vários exames para identificar o motivo de tamanhas dores.

Mudei para São Luís em busca de um diagnóstico mais exato. Lá chegando, fiquei cerca de um ano até identificarem com precisão a doença que me assola até hoje. Após esse período, passei cerca de três meses internada, tomando altas doses de medicamentos variados; por esse motivo, surgiram novas doenças, como: gastrite, cálculo renal, desvio na coluna e anemia profunda. Além disso, efeitos colaterais foram aos poucos se manifestando, entre eles: queda de cabelo, fragilidade nos dentes, inchaço e fraqueza.

Depois desse tratamento, tive uma leve melhora, foi quando retornei a Parauapebas e continuei o tratamento à distância, passando por um Reumatologista de seis em seis meses.
Durante esse período, devido às doenças oportunistas e aos efeitos colaterais citados anteriormente, fiquei incapacitada de trabalhar. Tentei aposentadoria, mas foi em vão. Logo, me vi obrigada a depender totalmente dos meus familiares. Como sempre tive aptidão pelos estudos, prestei vestibular e passei para o curso de Zootecnia, na UFRA (Universidade Federal Rural da Amazônia), no entanto, tive que desistir do curso ainda no primeiro ano de graduação, devido aos problemas de saúde que se intensificaram.

Foram idas e vindas ao hospital e constantes internações. Nos breves momentos de melhora, continuei me dedicando aos estudos e resolvi prestar vestibular novamente; dessa vez passei para Geografia na UFPA (Universidade Federal do Pará).
Hoje, continuo tentando estudar, mesmo com toda dificuldade. O fato de o curso ser intervalar (ocorre nos meses de férias) tem me ajudado nesse processo.

A tendência desse mal é se agravar com o tempo, já que se trata de uma doença degenerativa. Infelizmente, o agravamento dos sintomas tem me feito perceber isso. Já não tenho mais força no meu joelho esquerdo devido ao desgaste da cartilagem deste; fato que contribui muito para o aumento das dores quase insuportáveis que sinto diariamente. A tendência é que ocorra o mesmo com o joelho direito. Não bastasse isso, diariamente, sinto dores nas articulações do corpo inteiro. A situação fica tão complicada que, às vezes, realizar uma simples tarefa, como tomar banho, por exemplo, torna-se uma missão quase inexecutável. Na maioria das ocasiões preciso da ajuda de terceiros ou apelar para remédios injetáveis.

Nas minhas últimas visitas ao hospital, fui informada de que a única maneira de amenizar os meus problemas, será através de uma cirurgia delicada que envolve a colocação de uma prótese no joelho esquerdo. Essa intervenção amenizará um pouco as dores que sinto, e impedirá uma possível amputação da perna, que é o que pode acontecer caso algo não seja feito o mais rápido possível.

É aqui que vocês entram, meus amigos.

Diante dessa situação, quero contar com a colaboração de vocês no que diz respeito ao meu tratamento. Já que se trata de um procedimento muito caro para a minha atual situação financeira (cerca de RS 30.000).

A solidariedade de vocês poderá se manifestar de várias maneiras, desde palavras de apoio e incentivo, até doações que ajudarão no custeio do tratamento.

Estou criando esta página para dividir com vocês minha história e divulgar os avanços do tratamento, bem como, deixá-los ciente do destino que as doações tomarão.

Desde já, meus sinceros agradecimentos”.

Agência:1411
Conta:25014-7
Bradesco
Conta Corrente
Fernanda Dos Santos Castro

Contato:
(094) 9 8147-6005 (Tim / Whats app)

Visitem nossa pagina, façam um contato, nos ajudem por favor.

https://m.facebook.com/Fernanda-Castro-509807259229441/?fref=ts

Publicidade

Veja
Também