Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Centro Educacional Renascer adota Sistema de Ensino CPV a partir do ano de 2015

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O novo método de ensino será adotado pela escola a partir de 2015, nos ciclos de educação infantil, ensino fundamental I e II, EJA (Educação de Jovens e Adultos) e cursos pré-vestibulares.

O ato oficial para celebração do convênio, apresentação do novo sistema de ensino e lançamento da campanha de matrículas para 2015 ocorreu no último final de semana nas duas unidades do Centro Educacional Renascer, com a presença de Claudia Eliane Massola, coordenadora editorial da CPV Editora; pais de alunos, futuros clientes, corpo docente e do gestor do Centro Educacional Renascer, Francisco de Assis Oliveira, que é graduado em Matemática pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e pós-graduado em Gestão Educacional e em Psicopedagogia.


De acordo com o gestor, que até 2014 atendia com o Sistema Maxi de Ensino em sua escola, ele optou pelo Sistema de Ensino CPV em razão da oferta de melhor proposta pedagógica, baseada nos quatro pilares da educação e referência no país.

Segundo revelou Francisco de Assis, seu estabelecimento de ensino foi fundado há cinco anos, possui cerca de 400 alunos e 30 professores graduados nas duas unidades de ensino, que contam com sete salas de aula no Betânia e nove no Cidade Jardim, laboratório de informática, biblioteca, área de recreação, secretaria, copa e salas da gestão, coordenação pedagógica e espaço para reunião.
O período de matrículas já iniciou e prolonga até o dia 12 de dezembro. “O cliente que efetuar matrícula até essa data não pagará taxa de matrícula”, garante o gestor.

Mais de 50 anos
Ao apresentar o Sistema de Ensino CPV, Claudia Massola revelou que a instituição foi criada em 1959, dentro do grêmio estudantil da Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo (SP), e hoje tem parceria com mais de 100 escolas em várias regiões do país.

A coordenadora acrescenta que, inicialmente, a instituição de ensino ministrava apenas cursos pré-vestibulares, com o nome de Centro Preparatório de Vestibulares (CPV). Com a expansão para educação convencional, a marca CPV foi mantida, e hoje o Centro disponibiliza conteúdos para os ciclos de aprendizagens na educação infantil, ensino fundamental I e II, ensino médio, Enem, pré-vestibular e EJA, além de possuir sua própria editora.

Em sua apresentação, Claudia Massola revelou que o diferencial do novo sistema de ensino é o cuidado todo especial que o grupo tem em passar aos estudantes, além da educação de qualidade, com base no construtivismo, exemplos de cidadania e de defesa do meio ambiente, por meio de temas transversais e pluralidade cultural, de acordo com proposta sugerida pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco).

Claudia Massola acrescenta que o sistema de ensino CPV tem como principal missão contribuir para a formação dos estudantes, transformando-os em indivíduos atuantes e pensantes perante a sociedade, por meio da aquisição do conhecimento proveniente da educação de qualidade.

Reportagem e fotos Waldyr Silva

Publicidade

Veja
Também