Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Cliente de supermercado diz que foi vítima de constrangimento público em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Max Batista entrou em contato com a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar e afirmou que foi vítima de constrangimento público nas dependências do Supermercado Mix Mateus em Parauapebas.

O fato teria acontecido no último domingo (18) no momento em que ele iria efetuar o pagamento de suas compras com o uso de um cartão de débito automático.


Veja na íntegra o e-mail enviado ao Pebinha de Açúcar:

Max Batista - Denunciante
Max Batista – Denunciante

“Venho através deste, externar minha PROFUNDA INSATISFAÇÃO para com o DESRESPEITO que que passei no Mix Mateus Parauapebas, hoje, domingo (18/10/2015), por volta das 11h45min, quando fui passar minha compra no caixa, onde a única forma de pagamento que eu tinha disponível, para o momento, era o meu cartão VALECARD.
Minha esposa, que me acompanhava no momento, ainda perguntou ao atendente se estava passando o VALECARD, e a resposta foi, que sim! Que estava passando!
Eu até falei para minha esposa que a pergunta seria desnecessária, uma vez que em vários locais do estabelecimento existem placas (cartazes) informando quais são os cartões que são aceitos por eles, e que, com toda certeza, caso algum destes não estivesse disponível, teria logo na entrada, nos caixas e outros lugares, de forma bem visível um informativo de que uma determinada operadora não estaria funcionando, e assim, o cliente não seria abrigado a passar constrangimento público.
Infelizmente, por IRRESPONSABILIDADE do setor responsável, minha esposa e FOMOS VÍTIMAS DE GRANDE CONSTRANGIMENTO perante várias pessoas que ali estavam, quando fomos passar nosso cartão, mesmos despois de uma consulta prévia e desnecessária, e o atendente alegou que eu havia posto senha incorreta:
Dialogo:
1ª vez
Atendente: Senha incorreta senhor!
Eu: Como assim eu disquei correto! Passe novamente!
2ª vez
Atendente: Senha incorreta senhor!
Eu: não tem como, eu sei minha senha! Passe novamente!
3ª vez
Atendente: Senha incorreta senhor!
Eu: (senti-me obrigado a digitar pausadamente e mostrando ao atendente número-a-número) camarada eu não sou demente, eu sei minha senha! O que está havendo de fato?
Atendente: Sua senha está errada! O sistema tá fora do ar!
Eu: senha incorreta ou sem sistema? Defina! Por que você deveria ter me avisado que não está passando este cartão! Vocês deveriam ter posto comunicados, de foram visível que não estava disponível esta operadora! E o cartaz que vocês colocam, na parede, informando quais os cartões são aceitos, neste estabelecimento consta o meu cartão.
Neste momento o atendente já passou a me ignorar completamente e desembalar minha compra (ou o que deveria ser minha compra), então tentei recorrer a um setor (um balcão) mais lá fui atendido com a mesma frieza.
Ao perceber que pouco se importavam com minha angustia e vergonha pública, saí de lá para não aumentar meu constrangimento.
De lá segui para outro estabelecimento (segue anexo comprovantes), onde comprei, praticamente os mesmos produtos, passei o mesmo cartão, utilizando mesma senha, o valor total das compras um pouco maior que no MATEUS e ainda abasteci a moto da mesma forma.
Lembro que este tipo de atendimento no MATEUS (Parauapebas) é CONSTANTE E ROTINEIRO. São muitos os casos semelhantes ao que eu passei, e visível a desmotivação de muitas vítimas em se manifestarem devido ao sentimento de impunidade que impera em nossa nação.
O desrespeito da empresa para com os clientes, no que se refere a má informação concernente a operabilidade das operadoras de cartão é algo que, infelizmente, se tornou comum devido a certeza da impunidade que impera por se tratar de uma empresa capitalista.
Contudo, fica aqui expressa minha revolta, vergonha, humilhação e súplica para que a direção do Grupo Mateus tenha mais responsabilidade para com frequentadores que vão em busca de, no mínimo, respeito.
Seguem anexos para comprovação de que meu cartão estava ativo e com crédito”.
Att:
Max Batista.

Outro lado

Visando sempre fazer um jornalismo sério e comprometido com a verdade, a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar entrou em contato com a empresa que faz o serviço de Assessoria de Imprensa para o Grupo Mateus e pediu um posicionamento oficial da empresa sobre a denúncia do consumidor.

Uma representante da Futura Produção entrou em contato com a nossa reportagem e afirmou que estava esperando um posicionamento da empresa responsável pelo cartão para dar o posicionamento do Grupo Mateus, porém, até o fechamento desta matéria, nenhuma resposta nos foi enviada.

Assim que a Assessoria de Imprensa do Grupo Mateus se pronunciar, publicaremos a resposta na íntegra em nosso site.

Publicidade

Veja
Também