Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Com “bonecão do Bolsonaro”, Direita Parauapebas se manifesta em favor do voto impresso

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Um manifesto em favor da garantia do voto impresso. Assim, militantes do movimento “Direita Parauapebas”, com apoio de diversos municípios do sul e sudeste do Pará, se reuniram na Praça de Eventos, em Parauapebas, na tarde de domingo (25), com o objeto de mobilizar o governo, através da Justiça Eleitoral, para que o eleitor tenha certeza que seu voto foi “depositado” para quem realmente ele deu.

“Este manifesto é nacional iniciado no dia 21 e a gente está desenvolvendo em algumas cidades do Pará”, explica um dos coordenares do movimento, Gildo, mensurando que hoje há 193 países onde os eleitores ainda votam de forma tradicional, tendo apenas três que usam urnas eletrônicas, sendo Brasil, Venezuela e Cuba, porém, o Brasil é o único que não tem o voto impresso. Ele relata que é possível que a urna eletrônica emita um comprovante impresso, que após o eleitor possa ver a legitimidade de seu voto, é guardado na urna e em caso de processo de recontagem dos votos, a urna pode ser auditada.


 

A preocupação de Gildo é com uma possível manipulação das urnas eletrônicas, não tendo depois como o eleitor contestar a mudança do destino do seu voto. Outra preocupação apresentada por Gildo, é que as urnas eletrônicas usadas nas eleições no Brasil são desenvolvidas por empresas venezuelanas, a Smart Matic, “país também ditador”, o que, ainda segundo ele, pode estar manipulando os dados para manter o sistema ditatorial.

O ato, que chamou a atenção por conta da instalação de um boneco inflável do deputado federal Jair Messias Bolsonaro, que tem 12 metros de altura, conforme informado por Gildo, continuará ocorrendo em outras cidades do país, inclusive do Pará.

Reportagem: Francesco Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também