Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Comitiva “As Marvadas” está preparada para a Cavalgada da FAP 2017

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

No próximo sábado (2) será realizada a edição 2017 da grande Cavalgada que faz parte das programações oficiais da Feira de Agronegócios de Parauapebas (FAP). A concentração do tradicional evento será a partir das 8h00 nas proximidades do viaduto da PA-160 e milhares de pessoas estão na expectativa para o grande dia.

Várias comitivas estão se organizando para participar da cavalgada, em especial a denominada “As Marvadas”, formada por mais de 50 mulheres, que pelo segundo ano consecutivo irão participar do evento rural.


Em declarações prestadas à equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar, Reryty Rayanny, uma das líderes da comitiva, comentou um pouco sobre o grupo que é sucesso por onde passa. “Nós somos uma comitiva formada apenas por mulheres e existimos a dois anos. Em nosso primeiro ano de participação, fomos privilegiadas com duas premiações, troféus na categoria organização e padrão, embora ter sido em 2° lugar, já ficamos bastante felizes com o resultado, afinal, não esperávamos por isso, até porque tivemos muitos contratempos”.

Perguntada sobre as expectativas da cavalgada deste ano, Reryty foi enfática ao afirmar: “Esse ano não está sendo diferente e mais uma vez estamos enfrentando diversas dificuldades, sei que como todas as comitivas que são compostas só por mulheres, sempre é mais difícil organizar as coisas. Apesar da paixão de muitas mulheres por cavalgada, nem todas tem seu próprio animal, e é aí que entra aquela básica correria atrás de tropas, sejam elas patrocinadas ou alugadas, é sempre muito difícil”, relatou a líder da equipe, afirmando que outra dificuldade que enfrentam no dia-a-dia é o fato da cultura não ser apoiada pela maioria dos populares, “e consequentemente não recebemos patrocínios de empresários e principais colaboradores do evento, e isso impede que muitas mulheres que gostam dessa tradição participem da cavalgada. As vezes isso me entristece, até porque já tivemos em nossa comitiva mulheres com dificuldades de aceitação, com problemas em suas casas, as vezes de rejeição, depressão etc., e desde que elas se envolveram com esse meio, melhoraram a auto estima, se sentiram aceitáveis e até mesmo úteis, pelo fato de sempre estamos nos envolvendo em ações sociais, arrecadando alimentos entre nós mesmas para fazer doações e ajudar quem precisa. A quem pense que comitiva, ainda mais só de mulheres, é só para desfilarmos bonitas em dia de cavalgada, que é só por curtição, porém, existe muito mais coisas envolvidas por trás disso tudo, afinal batalhamos, suamos, choramos, ajudamos as pessoas e merecíamos mais apoio, principalmente na hora que nos juntamos para ajudar as pessoas que precisam mais do que a gente”, desabafa Reryty Rayanny, que afirma que mesmo apesar das dificuldades, a comitiva “As Marvadas” está preparada para fazer bonito pelas ruas de Parauapebas durante a Cavalgada da FAP 2017.

 

Apoio cultural

Além do Portal Pebinha de Açúcar, a “Comitiva As Marvadas” tem o apoio das seguintes empresas: Instituto Embeleze, Sucesso Comunicação Visual, Jornal Correio do Pará e Grupo Construforte.

Publicidade

Veja
Também