Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

De forma preventiva, Câmara Municipal suspende sessões e nega acesso às suas dependências

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Foto: Anderson Souza

Primeiro foi o Ato da Presidência (002/2020) determinando a suspensão do atendimento ao público nos gabinetes dos vereadores; nos departamentos administrativos e na Biblioteca Legislativa Sônia Cortês pelo prazo de 30 dias, a contar de 18 de março. O motivo da suspensão no atendimento, conforme expresso no documento é a prevenção e contenção da propagação do vírus COVID-19 no âmbito da Câmara Municipal de Parauapebas.

Porém, diante do aumento do número de casos suspeitos do novo Coronavírus no município, a direção da Câmara Municipal de Parauapebas decidiu suspender também a realização de sessões ordinárias, extraordinárias e solenes, por 30 dias, contados a partir desta segunda-feira, 23 de março, medida vinda por meio do Ato da Presidência nº 6/2020.


Estão suspensos também o funcionamento da Câmara e o acesso às dependências dos vereadores, servidores públicos pertencentes ao quadro funcional, trabalhadores e terceirizados em prestação de serviços e de profissionais dos veículos de imprensa.

Permanece a suspensão do atendimento ao público nos gabinetes de vereadores e nas unidades administrativas da Casa de Leis, bem como a realização de eventos externos no Auditório João Prudêncio de Brito e no Plenarinho.

Caso a população precise pedir informações, realizar denúncias, sugestões ou reclamações, deverão acessar os canais digitais de comunicação do Legislativo disponíveis no endereço eletrônico www.parauapebas.pa.leg.br, através dos links do E-SIC (Serviço de Atendimento ao Cidadão) e Ouvidoria, ou pelo celular (94) 98407-6124.

Publicidade

Veja
Também